Milionário russo quer investir no futebol brasileiro e já tem alguns alvos em sua "mira"

O Paraná Clube e o Fortaleza seriam um desses, porém, outros clubes estão sendo analisados pela família Savvidis, que quer investir no futebol brasileiro.

Por Müller
Compartilhe

De acordo com a "Gazeta Esportiva" - Ivan Savvidis; um dos homens mais ricos do mundo estaria disposto a investir parte de sua "grana" no futebol brasileiro e com isso comprar um clube no Brasil e segundo informações, já teria alguns "alvos".

Na verdade o interesse partiu de outra pessoa da família do "milionário russo" - aqui falamos de seu filho - Giorgos Savvidis, que é sócio de Ivan e apaixonado pelo futebol brasileiro. O herdeiro russo tem como ideia repetir a ação realizada com o PAOK - da Grécia, em 2013, quitando as dívidas do clube e investir pesado em contratações e com isso obter resultados no campo quanto às finanças - como na aquisição de jovens jogadores com alto potencial de venda.

Ivan Savvids - dono do PAOK, da Grécia.
Ivan Savvids - dono do PAOK, da Grécia.

Algo que chamou a atenção dos russos foi à parceria entre a Red Bull e o Bragantino. Para se somar a isso, a ascensão do Flamengo em 2019, que conseguiu sair do mercado brasileiro e partir para o mercado europeu.

Entre os clubes na mira dos russos estariam o Paraná Clube e o Fortaleza - mas outras opções estão sendo estudadas pela família Savvidis. Achar o clube ideal é a primeira missão.

Quem é Ivan Savvidis? Russo, mas de pais gregos, é um bilionário dono de empresas ligadas ao tabaco e ao comércio de carne e produtos agrícolas na Rússia; além de ser dono de um grupo de comunicação na Grécia, tendo também um passado na vida política, sendo em 2003 eleito deputado do parlamento russo e neste ambiente se tornou próximo a Vladmir Putin - atual presidente do país.

Ivan Savvidis invadiu uma partida de seu clube no futebol grego portando uma arma de fogo a sua cintura.
Ivan Savvidis invadiu uma partida de seu clube no futebol grego portando uma arma de fogo a sua cintura.

Ivan Savvidis ficou famoso com a cena que protagonizou no futebol grego - dono do PAOK, o russo ao ter um gol anulado de sua equipe no campeonato nacional aos 45 minutos do segundo tempo, contra o AEK - que liderava a competição, invadiu o campo portando uma arma de fogo na cintura. Com isso, o mesmo foi punido pela federação grega por três anos - sendo impedido de qualquer atividade dentro do esporte; já o seu clube perdeu na ocasião apenas três pontos no campeonato, o que o deixou distante na corrida pelo título.

Torcedor: compartilhe
Siga nas redes
Comentários
Carregar comentários