OPINIÃO: Longe dos holofotes, o culpado pelo ressurgimento do Liverpool empilha façanhas

Com intensidade e inteligência, o técnico alemão consegue colocar novamente o Liverpool no caminho das glórias. Graças a Kloop, o Liverpool voltou a ser temido na Europa.

Por Talis Andrey de Mello
Compartilhe

O Liverpool, de fato, voltou a ser temido na Europa. A vitória épica sobre o todo poderoso Barcelona, comandado por Lionel Messi, recolocou o time inglês no patamar das melhores equipes do futebol mundial na atualidade. Entretanto, o grande culpado por essa retomada do time de Anfield, não está dentro das 4 linhas, e não atrai muitos holofotes.

Talvez possamos colocar o protagonismo do Liverpool nos ombros do trio de ataque infernal, formado por Salah, Mané e Firmino, ou no zagueiro Van Dijk, eleito o melhor jogador da Premier League, ou até mesmo no entrosamento de uma equipe que joga junto há algum tempo, mas nada disso teria acontecido se não fosse um técnico absolutamente frio, embora não pareça.

Jurgen Klopp carrega em si um jeito um tanto quanto diferente para os padrões europeus. Ativo, vibrante, motivacional, vai empilhando façanhas e recordes, mesmo que não seja o preferido dos holofotes nem em seu país. Na Inglaterra, o queridinho das câmeras é Pep Guardiola.

Jurgen Kloop fez o Liverpool voltar a ser grande. (Foto: Divulgação)Jurgen Kloop fez o Liverpool voltar a ser grande. (Foto: Divulgação)

Entretanto, Klopp coloca seu trabalho em exposição sem querer isso, pois desde a época em que treinava o Borussia Dortmund, dá aulas de intensidade em meio aos times frios e calculistas da Europa. A "loucura" que Klopp impõe em suas equipes, e a atmosfera que faz o estádio se transformar, faz com que os adversários fiquem perdidos, e traz aos fãs de futebol uma nova alternativa de jogo: Nada de toques de bola ineficientes, e muita intensidade e objetividade.

Com o técnico alemão, o Liverpool chegou à sua 2º final consecutiva na Liga dos Campeões, algo que não acontecia desde 1978, e pode ser campeão inglês depois de 29 anos. De fato, Jurgen Klopp está recolocando o Liverpool entre os grandes do futebol mundial. Por isso, quando você olhar para este time do Liverpool, saibda que, em meio à "loucura" desta equipe, existe um comandante extremamente inteligente, vibrante, e de certa forma, discreto.

Torcedor: compartilhe
Siga nas redes
Comentários
Carregar comentários
Assista ao nosso último vídeo:
Inscreva-se no canal