Com atuação brilhante, City vence o dérbi sobre o United e encaminha o bi-campeonato inglês

Com gols de Bernardo Silva e Sané, time comandado por Guardiola venceu o rival local fora de casa, e chegou a 11 vitórias consecutivas na Premier League. Time vira líder da competição com 3 rodadas até o final.

Por Talis Andrey de Mello
Compartilhe

O grande clássico de Manchester agitou o mundo do futebol nesta quarta-feira. A partida tinha peso gigante para as pretensões dos rivais de Manchester, com objetivos distintos. Enquanto o time de Guardiola buscava a liderança da Premier League, o Manchester United queria embalar em busca da vaga na Liga dos Campeões da Europa da próxima temporada.

Para a partida, o Manchester United foi a campo com: De Gea no gol; Young, Darmian, Smalling, Lindelof e Shaw na defesa; Andreas Pereira, Fred e Pogba no meio campo; Rashford e Lingard no ataque.

Já o Manchester City, foi escalado com: Ederson no gol; Walker, Kompany, Laporte e Zinchenko na defesa; Fernandinho, Gundogan e David Silva no meio campo; Bernardo Slva, Aguero e Sterling no ataque.

PRIMEIRO TEMPO

O clássico começou muito movimentado, e as duas equipes procurando espaços. A primeira chance foi dos donos da casa, com Lingard, que recebeu de Pogba e chutou, mas a bola foi para fora, aos 15 minutos. O equilíbrio entre as equipes fez com que as chances fossem escassas. Aos 43 minutos, Sterling entrou na área a dribles, e chutou forte, mas De Gea defendeu. 

Partida foi muito equilibrada, com as duas equipes criando muito. (Foto: Divulgação)Partida foi muito equilibrada, com as duas equipes criando pouco. (Foto: Divulgação)

SEGUNDO TEMPO

Na segunda etapa, a partida foi mais intensa, e as duas equipes precisavam da vitória, por conta de suas respectivas situações na tabela. Aos 9 minutos, Bernardo Silva recebeu passe de Gundogan, e chutou bonito, para abrir o placar para o City. Com 111 minutos, os Red Devills deram a reposta com Rashford, que cruzou rasteiro, mas a bola passou por todo mundo. Aos 21 minutos, Sterling puxou contra-ataque, e passou para Sané, que chutou forte e ampliou a vantagem dos Citzens. Depois do segundo gol, o time de Guardiola apenas administrou o resultado positivo.

Sané marcou o segundo gol do Manchester City no clássico. (Foto: Divulgação)Sané marcou o segundo gol do Manchester City no clássico. (Foto: Divulgação)

A vitória foi essencial para o Manchester City, que assume a liderança do campeonato à três rodadas do fim. Para o United, a derrota significou a perda de uma grande chance de entrar na zona de classificação para a Liga dos Campeões, com a derrota do Arsenal.

 

Torcedor: compartilhe
Siga nas redes
Comentários
Carregar comentários
Assista ao nosso último vídeo:
Inscreva-se no canal