Copa do Mundo de 2018: Veja como está a situação por continente

As vagas para a Copa do Mundo da Rússia estão se afunilando, até o momento oito seleções já se garantiram no mundial.

Por
Compartilhe

Com mais quatro rodadas antes da Copa – duas pelas eliminatórias e duas pelas repescagens, a briga pela classificação segue intensa e muitas seleções seguem sonhando com um lugarzinho em 2018. Até o momento estão garantidas, a anfitriã Rússia, Arábia Saudita, Bélgica, Brasil, Coreia do Sul, Irã e Japão.

Copa do Mundo de 2018Copa do Mundo de 2018

A Argentina, juntamente com a Holanda, correm perigo de assistir a Copa do Mundo de 2018 pela televisão, mesmo caso do Chile, que se encontra em situação um pouco pior que as duas mencionadas. Por outro lado, a Copa da Rússia poderá ter algumas surpresas, como o Perú, que hoje está em quarto lugar nas Eliminatórias Sulamericanas, assim como as seleções da Islândia, Burkina Faso e a Síria, que chegam fortes na reta final das eliminatórias.

Na América do Sul, tirando o Brasil, que já está classificado, a briga é feia pelas vagas restantes. O Uruguai com 27 pontos está muito próximo de se garantir. O Equador é o 8º colocado na classificação com 20 pontos, além dele, todos os outros que estão acima, têm chances de se classificarem para a Copa do Mundo. Ainda restam duas rodadas para o fim das eliminatórias.

Copa do Mundo de 2018: Veja como está a situação por continente

Líder invicto, o México, já fez o serviço de casa e garantiu vaga na última rodada – outra seleção da América do Norte e Central que está muito próxima de se garantida na Rússia em 2018, é a Costa Rica, pois apenas uma improvável combinação de resultados poderá tirá-la da Copa - o que deixa apenas mais uma vaga direta em aberto. Panamá, Estados Unidos e Honduras brigam pelo terceiro posto, enquanto o quarto colocado irá para a repescagem com o vencedor da repescagem asiática.

Copa do Mundo de 2018: Veja como está a situação por continente

Na Europa, dos nove grupos que brigam por vagas, praticamente todas estão em abertas, apenas a Bélgica está oficialmente garantida nos jogos – Alemanha, Sérvia, Inglaterra e Espanha estão quase classificadas, ou seja, estão muito bem encaminhadas. França e Polônia também estão em situações confortáveis, desde que não percam seus jogos contra a Dinamarca e Luxemburgo, respectivamente. Em uma provável repescagem europeia, estariam hoje às seleções de Portugal, Irlanda do Norte, Itália, Islândia, Eslováquia, Suécia, Montenegro e Bósnia.

Copa do Mundo de 2018: Veja como está a situação por continente

Mesmo tendo já classificados Irã, Coreia do Sul, Japão e Arábia Saudita, o protagonista das Eliminatórias da Ásia é a Síria. O país que vive em guerra e está longe de ser uma das forças do continente no futebol, merece todo o destaque quando consegue se classificar para a repescagem continental – sua rival será a Austrália, em outubro; quem passar pegará os EUA, Panamá ou Honduras em um mata-mata para a Copa.

Copa do Mundo de 2018: Veja como está a situação por continente

Nas eliminatórias africanas, Nigéria e Tunísia são as seleções que estão mais bem garantidas até o momento. Além das duas, o Egito também poderá carimbar o passaporte para a Copa na próxima rodada, para isso, além de vencer o Congo em casa, terá que secar a seleção de Uganda que encara a Gana. Quem tem chances de classificação, mas corre sério risco de ficar de fora é a Costa do Marfím, líder em seu grupo; o país está com apenas dois pontos de vantagem sobre a terceira colocada, a seleção do Gabão. A África do Sul em último lugar em sua chave precisa vencer seus jogos e torcer por um tropeço de Burkina Faso, Senegal ou Cabo Verde para quem sabe chegar à Rússia em 2018. 

Leia também:

Copa do Mundo de 2018: Veja como está a situação por continente

Por último, chegamos à Oceania. Essa é a competição entre todos os continentes mais curta, com apenas seis países na disputa, sendo a única competição que já acabou. A seleção da Nova Zelândia foi à grande vencedora, mas para garantir vaga na Copa de 2018, precisará encarar o quinto colocado da América do Sul, hoje a Argentina. Fazem suas apostas!

Comentários