Em curso na Granja Comary, Tite elege Odair Hellmann como treinador revelação em 2018

O treinador Renato Portaluppi, do Grêmio, também estava inscrito, mas não compareceu – assim sendo, terá que esperar por uma nova oportunidade para realizar o curso.

Por
Compartilhe

Odair Hellmann – treinador revelação do Campeonato Brasileiro-2018 (pelo técnico da Seleção Brasileira) está com a bola toda. Tite em entrevista coletiva nesta última terça-feira, falou que observou bem os jogos e as movimentações neste Brasileirão e deixou sua avaliação técnica em relação ao treinador “revelação” da Série A, nesta temporada: Odair Hellmann.

Tite - treinador da Seleção Brasileira.Tite - treinador da Seleção Brasileira.

“Tem que se ter critérios. Pelo critério de início, meio e fim, Odair. Dou o critério ao técnico do Internacional”, declarou Tite em coletiva de imprensa na Granja Comary, no Rio de Janeiro.

Em um curso em Teresópolis, para conseguir a licença “Pró da CBF”, o comandante técnico da Seleção Brasileira ao ser questionado sobre os motivos dos treinadores brasileiros não terem espaços nas principais competições da “Europa”, foi objetivo quanto a sua resposta.

“Não sei te responder. Essa é uma resposta contextual. O que posso falar a respeito é que temos que buscar o momento que cada um vive. Estar técnico do Corinthians, do Palmeiras, da Seleção. O importante é crescer individualmente. Se tu for capaz de trabalhar em outros centros, ótimo. Se não, que sirva para o desenvolvimento do futebol brasileiro”, destacou.

Para o futuro presidente da Confederação Brasileira de Futebol – CBF, Rogério Caboclo, a entidade máxima do futebol no “Velho Continente”, também conhecida por UEFA, já reconhece a qualidade do curso para treinadores oferecido pela entidade brasileira. Para conseguir uma licença nas principais ligas da Europa, de acordo com o mandatário, é preciso ter a licença “Pró” da CBF e mais de cinco anos de atuação na primeira divisão do Campeonato Brasileiro.

Treinadores participantes do curso da CBF, na Granja Comary. Foto: CBF.Treinadores participantes do curso da CBF, na Granja Comary. Foto: CBF.

Além de Tite, também estavam presentes no curso oferecido pela CBF, treinadores como Dunga, Jorginho, Ney Franco, Thiago Larghi, Jair Ventura, Mauricio Barbieri, Zé Ricardo e Mano Menezes. O curso “Pró” de treinadores se iniciou nesta última terça-feira, na Granja Comary, em Teresópolis e vai até o dia 14 de dezembro – o curso em questão dá aos treinadores brasileiros a autorização necessária para comandar clubes da Série A do Brasileirão em 2019. A CBF passará a exigir essa licença no futuro para trabalhar na elite do futebol nacional.

O treinador Renato Portaluppi, do Grêmio, também estava inscrito, mas não compareceu – assim sendo, terá que esperar por uma nova oportunidade para realizar o curso.

A CBF oferece quatro níveis de licenças em seus cursos da Academy, são eles:

Licença C: permite o treinador a atuar em escolas de futebol;

Licença B: permite o profissional a atuar em categorias de base;

Licença A: para profissionais que querem comandar equipes profissionais;

Licença Pró: para profissionais que atuam ou desejam atuar no futebol, em equipes profissionais, como técnico, em práticas competentes e atualizada cientificamente.

Comentários