Federação Inglesa promete punir Marco Ianni, auxiliar do Chelse por confusão com Mourinho

O auxiliar técnico dos “Blues” tem até essa próxima quinta-feira para apresentar sua defesa; já Mourinho foi apenas advertido por sua reação.

Por
Compartilhe

Por muito pouco o “tempo” não fechou na Inglaterra neste final de semana – em partida válida pela Premier League, entre Chelsea e Manchester United, o auxiliar dos Blues passou na frente do banco de reservas dos Reds Devils e não perdeu a oportunidade para provocar o técnico José Mourinho.

Momento em que Ianni passa de fronte o banco de reservas do United - auxiliar proferiu algumas palavras que irritaram Mourinho.Momento em que Ianni passa de fronte o banco de reservas do United - auxiliar proferiu algumas palavras que irritaram Mourinho.

Porém, a conduta de Marco Ianni será julgada pela Federação Inglesa de Futebol, que não gostou nada da conduta do auxiliar técnico do Chelsea; a informação foi repassada nesta manhã de segunda-feira pela própria entidade, que está acusando o mesmo por “conduta imprópria”.

“O auxiliar técnico do Chelsea, Marco Ianni está sendo acusado devido aos incidentes contra a equipe do Manchester United neste último sábado. A entidade entende que o seu comportamento aos 96 minutos se traduz em conduta imprópria. Ainda em relação ao incidente, José Mourinho foi formalmente relembrado de suas responsabilidades, pelo que ambos os clube receberam lembretes oficias em relação ao comportamento esperado por parte do seu staff e jogadores”, diz a nota.

O auxiliar técnico dos “Blues” tem até essa próxima quinta-feira para apresentar sua defesa; já Mourinho foi apenas advertido por sua reação. A encrenca se deu na verdade aos 50 minutos de jogo, logo após o gol de empate do Chelsea, onde o auxiliar técnico – Sarri se dirigiu ao banco de reservas do United e passando de fronte o mesmo proferiu palavras que irritaram o técnico adversário. No mesmo instante que viu que a provocação estava sendo dirigida a ele, Mourinho se levantou e partiu pra cima do funcionário do Chelsea, tendo que ser contido por seguranças, em quanto o auxiliar se encaminhava para o vestiário.

Ao perceber que era pra ele a provocação, Mourinho se levantou e foi tirar satisfação com o auxiliar do Chelsea, sendo contido por seguranças.Ao perceber que era pra ele a provocação, Mourinho se levantou e foi tirar satisfação com o auxiliar do Chelsea, sendo contido por seguranças.

Após o apito final, Mourinho tratou de colocar panos quentes no fato ocorrido, declarando o seguinte:

“Eu não acredito que ele mereça mais do que já recebeu. Ele se desculpou e eu aceitei. Acho que ele merece uma segunda chance, não precisa ser demitido ou nada mais que isso. Está tudo resolvido”, declarou o técnico do Manchester United.

 

Comentários