Sampaoli assume a culpa por derrota diante da Espanha

Sampaoli chama a responsabilidade da goleada sofrida para Espanha para si e diz que muita coisa tem que melhorar ainda.

Por
Compartilhe

Após a derrota por 6 a 1 diante da Espanha no último amistoso antes da convocação final para a Copa do Mundo, da Rússia, Jorge Sampaoli – técnico da Argentina, diz que toda a responsabilidade é sua e que a Argentina foi completamente dominada pelos espanhóis.

Jorge Sampaoli - treinador da Argentina.Jorge Sampaoli - treinador da Argentina.

“A responsabilidade é minha do que aconteceu. A Espanha aproveitou a superioridade e nos deu um tapa. O plano inicial não deu certo e temos algumas coisas a serem revistas imediatamente. Os gols nos golpearam muito e temos que melhorar isso para evitar que aconteça no Mundial”, resumiu o treinador argentino.

A Argentina que realizou seus dois últimos amistosos antes da convocação final para a Copa do Mundo, não contou com seu principal craque – Lionel Messi, com alegação de fadiga muscular, o craque da camisa 10 ficou ausente na vitória por 2 a 0 sobre a Itália e na derrota de 6 a 1 diante da Espanha.

Messi esteve com o grupo argentino nos últimos amistosos antes da convocação final para a Copa.Messi esteve com o grupo argentino nos últimos amistosos antes da convocação final para a Copa.

Com a ausência de seu maior craque na atualidade, Sampaoli fez questão de ressaltar a importância da presença de Messi no grupo, mesmo sem ter disputado os jogos.

“Messi nos acompanhou todo o tempo, esteve conosco no vestiário. Veio muito imerso na Copa do Mundo, na partida sentimos muito sua falta sobre todos os aspectos. Deixo bem claro a proximidade de Messi, que falou com os jogadores no intervalo das partidas. Essas são situações que os aproximam ainda mais a um objetivo que deixem todos felizes. Sempre estive tentando alentar os jovens, e isso demonstra que está envolvido com a seleção”, declarou Sampaoli.

A Argentina que está no “Grupo D” da Copa do Mundo, irá fazer sua estreia nos jogos da Rússia no dia 16 de junho, contra a Islândia, no estádio do Spartak, em Moscou, depois enfrentará a Nigéria e a Croácia.

Mais sobre: argentina espanha amistoso
Comentários