A entidade máxima do futebol europeu - mais conhecida por UEFA, estuda a possibilidade de alterar as regras do "Fair Play Financeiro", podendo até mesmo acabar com o limite de gastos dos clubes, segundo informações do jornal italiano "Gazzetta dello Sport".

Beneficiados

Caso essa notícia se confirme, os maiores beneficiados devem mesmo ser os grandes clubes, como por exemplo, o Paris Saint-Germain, Manchester City e Chelsea, que hoje são financiados por bilionários. Assim como também o Barcelona, Juventus, Manchester United e Real Madrid, que poderão elevar seus gastos com reforços.

Como funciona atualmente

Nos tempos de hoje, todo e qualquer clube que quebrar as regras do "fair play financeiro" poderá sofrer sanções pesadas, como multas e até mesmo serem barradas de competições organizadas pela UEFA. Casos esses já aplicados ao Milan e ao Manchester City - esse último apelou ao TAS e conseguiu reverter o resultado.

Antes de confirmar qualquer tipo de alteração na regra, a UEFA nesta quinta-feira se reunirá internamente para debater mais sobre o assunto, onde na sexta-feira terá um encontro com os reguladores da União Europeia. Todas as mudanças deverão ser aprovadas pelo "Parlamento" antes de entrarem em vigor.

Pra que existe o Fair Play Financeiro

O sistema foi criado para frear as atividades das equipes com mais recursos no mercado. A UEFA também discute outras possibilidades de mudanças, como a introdução de um teto salarial. Aguardemos por maiores informações!