O Grande Prêmio da Turquia da F1, válido pela temporada 2020, poderá ficar marcado na história da categoria onde Lewis Hamilton conquistou seu sétimo título na carreira, embora o piloto inglês diz que ganhar o mesmo não é mais importante quanto sua batalha fora das pistas.

"Todos têm o direito a igualdade, educação, direitos humanos, então isso é o mais importante para mim", afirmou o mesmo em sua última coletiva.

Para completar o que ele disse em entrevista, o mesmo declarou que ganhar o campeonato mundial é algo pessoal.

"Ganhar um campeonato mundial é uma coisa muito pessoal. Acho que é um problema muito melhor, algo de que tenho mais orgulho, fazer o trabalho fora para tentar melhorar as condições para as pessoas ao redor do mundo. Todos têm direito a igualdade, educação, direitos humanos, então isso é o mais importante para mim", onde esse finalizou dizendo:

"Ao longo dos anos aprendi a não colocar pressão desnecessária. Não coloco tudo em um só fim de semana, um dia. Quando eu estava no México, de repente você percebe porque você não pensou muito sobre isso, então você percebe e não sabe o que dizer ou como se sentir a respeito porque você nunca sabe realmente se isso irá ocorrer. Estou focado em me preparar, da mesma forma que fiz antes, para tentar entregar da maneira que tenho feito durante toda esta temporada.

Neste próximo domingo, às 7h10 (de Brasília), no GP da Turquia, Lewis Hamilton terá a chance de igualar o número de títulos de Michael Schumacher - Hepta campeão mundial de F1.

Lembrando

O GP da Turquia ocorrerá neste final de semana, onde neste sábado antes do Grande Prêmio, teremos a tomada do grid de largada, a partir das 7h10 (de Brasília), com transmissão ao vivo pelos canais SporTV e no mesmo horário, no domingo, a corrida, que será transmitida ao vivo pela Rede Globo.