Ainda não é como piloto titular, mas sim como de teste; porém, a família Schumacher está de volta ao circo da Fórmula 1. O jovem piloto alemão - Mick Schumacher, filho do heptacampeão mundial estreará na categoria com a Alfa Romeu nos treinos livres do GP de Eifel, na Alemanha.

Mesmo já tendo pilotado carros da atualidade, o filho de Michael Schumacher fará a sua primeira aparição em uma sessão oficial durante o final de semana do GP de Eifel pilotando o carro da Alfa Romeu - conforme já revelado no início desta matéria. Ele pilotará o carro hoje dirigido por Antonio Giovinazzi no primeiro treino livre no circuito de Nurburgring.

Mas não será apenas o jovem piloto alemão que fará sua estreia na temporada 2020; aqui também estarão ganhando oportunidade de pilotar um dos carros da atualidade da categoria principal do automobilismo, Callum Ilott - com a Haas e Robert Shwartzman - que terá sua chance no último grande prêmio de 2020, em Abu Dhabi.

Para deixar os pilotos prontos para esse grande momento, a Ferrari disponibilizará aos três jovens a experiência de conduzir uma Ferrari em um teste com os carros de 2018, na pista de Fiorano nesta quarta-feira. Tal informação foi confirmada pelo próprio diretor do programa de jovens pilotos - Laurent Mekies.

Lembramos aqui que Mick Schumacher já pilotou uma Ferrari em 2018 em um test-drive; ele é um dos membros da Academia de Pilotos da escuderia italiana. O mesmo já pilotou diversos carros guiados pelo pai - entre eles a Ferrari F2004; carro esse que Michael Schumacher conquistou seu sétimo título da categoria. O filho do heptacampeão tem grandes chances de vir a ocupar um lugar no grid de largada na temporada 2021.

Feliz por essa oportunidade de "estrear" na categoria, agora de forma oficial - mesmo que sendo em um treino livre, Mick Schumacher declarou o seguinte sobre essa chance no GP de Eifel:

"Estou feliz por ter esta chance. O fato de minha primeira participação em um fim de semana de Fórmula 1 acontecer na frente do meu público em Nurburgring torna esse momento ainda mais especial. Gostaria de agradecer a Alfa Romeu Racing e à Ferrari Driver Academy por me darem a oportunidade de experimentar novamente a F1 após um ano e meio do nosso test-drive no Barein".

Imagem de capa: skysports.com