GP de Eifel será o terceiro do calendário 2020 da F1 a receber uma certa quantia de público. Não, esse não será o próximo grande prêmio da Fórmula 1 neste calendário reformulado por conta da pandemia do novo Coronavírus, mas sim será um dos GPs colocados no meio do calendário e que receberá em torno de 20 mil pessoas, segundo os organizadores.

De acordo com a Liberty - organizadora da Fórmula 1 nos últimos anos, essa disponibilizará a venda de 20 mil ingressos que serão distribuídos em lotes para o GP de Eifel, que será realizado em Nurburgring - na Alemanha, no dia 11 de outubro.

Para que isso seja possível - com a volta do circuito de Nurburgring, a Liberty assegurou que todos os protocolos de segurança da Alemanha e da F1 serão seguidos. Essa, como já declaramos acima, será a terceira prova a garantir a presença dos torcedores em uma temporada totalmente reformulada devido a pandemia da COVID-19.

Os outros dois GPs do calendário 2020 que até aqui irão ou já receberam uma certa quantia de torcedores em dias de treinos e corridas foram: GP da Toscana, realizado no último dia 13 de setembro - com três mil pessoas e o GP da Emilia-Romagna, que será realizado no dia 1º de novembro, onde é esperado 13 mil espectadores.

Lembramos que o GP de Nurburgring em 2020 fará o seu retorno a Fórmula 1 após sete anos de ausência do calendário da categoria. A última prova realizada na Alemanha neste circuito foi em 2013, com Sebastian Vettel sendo o grande vencedor - ainda a bordo de um RBR, no mesmo ano em que conquistou o seu quarto título da categoria.