Antes mesmo de entrarem na pista para a largada do GP de Monza neste último domingo - o oitavo da temporada, a Renault confirmou que mudará de nome para a temporada 2021, onde passará a se chamar "Alpine F1 Team", onde em um comunicado a marca aqui em destaque disse que "optou por colocar as cores da marca francesa no coração da F1".

Após passar por uma reorganização interna da marca, a Renault informou oficialmente que mudará de nome, porém, o motor dos carros da equipe continuará a ser chamados Renault E-Tech.

"A assinatura do novo pacto de concórdia, com limitação de orçamentos e implementação de novos regulamentos técnicos a partir de 2022, confirma a determinação do Grupo em regressar ao pódio e vencer com suas novas cores e nova nomenclatura", diz o comunicado

Nova Renault em 2021 - imagem: site terra.com.br
Nova "Renault" em 2021 - imagem: site terra.com.br

Ainda neste mesmo, a Renault com as palavras de "elegância, criatividade e ousadia", comentou o anúncio do novo nome para 2021.

"Ao apresentar a Alpine, um símbolo de excelência francesa a mais prestigiosa das categorias automotivas do mundo, estamos continuando a aventura dos fabricantes em um esporte renovado. Estamos trazendo uma marca dos sonhos ao lado dos maiores nomes, para corridas de carros espetaculares realizadas e acompanhadas por entusiastas. A Alpine trará para o paddock da F1: elegância, criatividade e ousadia", finalizou o CEO do Grupo Renault - Luca de Meo.