Vitória na "sorte" ou na "competência"? Eis a pergunta! Para Max Verstappen - da RedBull, foi pura sorte, mas para os apaixonados pela Fórmula 1, foi pura competência; bem ao estilo dos grandes pilotos do passado, como por exemplo, Ayrton Senna, do qual ele é fã.

Sim, estamos falando de Lewis Hamilton, que neste último domingo conquistou sua terceira vitória seguida na temporada 2020 da F1 - em quatro provas já disputadas. A previsão é de termos 16 grandes prêmios, onde até aqui 13 já foram acertados.

Voltando a quarta corrida da temporada, em Silverstone, na Inglaterra, o piloto inglês que dominou o tempo todo a prova, teve um problema no final que para muitos seria o fim de prova, no entanto, estamos falando de um grande campeão, de uma grande piloto, que soube levar sua Mercedes até a linha de chegada com apenas três pneus - sim, Lewis Hamilton viu um dos pneus de seu carro furar justamente na volta final do grande prêmio da Inglaterra - sua terra natal.

Marx Verstappen, Lewis Hamilton e Charles Leclerc - no pódio de Silverstone
Marx Verstappen, Lewis Hamilton e Charles Leclerc - no pódio de Silverstone

Max Verstappen que ao final da prova viu sua chance de vencer ser esvaziada com a passagem de Lewis Hamilton pela linha de chegada, através do rádio de seu carro disse que o piloto inglês é "sortudo", encerrando assim o GP de Silverstone na segunda colocação, com Charles Leclerc - da Ferrari fechando o pódio.

Com a vitória, Hamilton abriu ainda mais sua distância para o segundo colocado na temporada - seu companheiro de equipe, o finlandês Valtteri Bottas. O piloto inglês chegou a 88 pontos.

A próxima etapa da Fórmula 1 será novamente na Inglaterra e mais uma vez no circuito de Silverstone, só que com outra nomenclatura. Os testes para esse GP iniciam na próxima sexta-feira, com treinos livres - no sábado terá a tomada de tempo para o grid de largada e no domingo, às 10h (no horário de Brasília), o GP da Inglaterra - o quinto da temporada 2020.