Com o próximo GP da Fórmula 1 ocorrendo somente daqui a doze dias, Lewis Hamilton que na última corrida da temporada só fez aumentar seus já expressivos números na categoria, poderá neste ano de 2020 ultrapassar Michael Schumacher em números de vitórias - além de outros recordes que poderá superar.

Com diferença de cinco vitórias na F1 para o ex-piloto alemão, o inglês nas próximas seis etapas - duas em Silverstone, Barcelona, Spa-Francorchamps, Monza e Mugello; o piloto inglês da Mercedes terá grande chance de derrubar o recorde atual de vitórias; justamente na corrida que marcará o número 1000 da Ferrari - equipe pela qual Schumacher venceu 72 vezes e de quebra, justamente em um GP na Itália - casa da Ferrari.

Mesmo sendo possível imaginar essa quebra de recordes por Hamilton, o piloto aqui em questão tem justamente nessas próximas etapas da F1, um excepcional retrospecto nas pistas seguintes do campeonato, com seis vitórias no GP de Silverstone, quatro em Barcelona, três em Spa e cinco em Monza.

Porém, Hamilton jamais venceu mais do que cinco corridas consecutivas em sua história na Fórmula 1 - a última vez que conseguiu isso foi na temporada de 2014. Para alcançar os números de Schumacher no GP de Mugello, ele teria que chegar ao número incrível de 8 corridas vencidas em sequência.

Hamilton x Schumacher na Fórmula 1
Hamilton x Schumacher na Fórmula 1

Lembrando que no último GP realizado em Hungaroring - na Hungria, Hamilton igualou outro recorde do alemão: vencendo oito vezes o mesmo grande prêmio - algo alcançado por Schumacher na pista francesa de Magny-Cours, entre os anos de 1991 a 2008.

Além disso, Hamilton também quebrou outro recorde na Hungria - ele foi o primeiro piloto na F1 a alcançar a 90ª pole positions. Estando com isso a 22 poles a frente do segundo colocado; justamente ele - Michael Schumacher.

Lewis Hamilton com a sua vitória no último GP, assumiu a liderança da temporada 2020 da Fórmula 1, com 63 pontos contra 58 de Valtteri Bottas.