Ex-chefão da Fórmula 1 toca em um assunto um tanto quanto complicado e delicado de se debater: o racismo!

Sim, Sir. Bernie Ecclestone - antigo chefão da Fórmula 1 se mostrou infeliz pelos acontecimentos onde dentro desses, estava uma das principais figuras da categoria - aqui nos referimos a Lewis Hamilton - único piloto negro da F1 e que tem utilizado suas redes sociais para "combater" o racismo na sociedade.

Vale lembrar que recentemente o piloto inglês exultou com as mudanças conquistadas na luta contra o racismo, destacando exemplos que mostram como a sociedade vem reagindo às manifestações que tomaram conta do planeta, nos últimos dias.

Ecclestone e Hamilton - imagem: internet/f1
Ecclestone e Hamilton - imagem: internet/f1

Quanto a isso Ecclestone deu um depoimento, onde destacou o seguinte:

"Sinto-me realmente infeliz se ele estiver a levar isso tudo tão a sério. Nunca pensei que ele o fizesse. Não achei até que isso o afetasse. Os negros são mais racistas do que os brancos", declarou o ex-líder da maior categoria do automobilismo mundial, em declaração a "CNN Sports".