Chefão da F1 pede desculpas aos fãs da categoria pelo cancelamento da abertura da temporada

Chase Carey escreveu uma carta aberta onde pede desculpas aos fãs da categoria pelo cancelamento da primeira etapa do circuito de Fórmula 1 e também pelos transtornos causados a esses.

Por Müller
Compartilhe

Em decorrência do cancelamento do GP da Austrália, que deveria ter sido realizado no último domingo, o chefe da Fórmula 1 - Chase Carey escreveu nesta terça-feira uma carta aberta aos fãs da categoria.

Nesta mesma, o todo poderoso da F1 pede desculpas aos que foram afetados pelo cancelamento de última hora, dizendo que é difícil dar respostas precisas no momento e fala que a temporada 2020 será resumida assim que for seguro para tal.

Vale ressaltar que além do cancelamento da etapa da Austrália, as corridas de Barein, Vietnã e China foram adiadas sem previsão de data para serem disputadas.

Mesmo com a paralisação na categoria, as equipes que possuem fábricas na Inglaterra seguem trabalhando normalmente, uma vez que o governo não impôs a interrupção das operações. Por outro lado, a Ferrari suspendeu suas atividades, já que a Itália vive uma situação mais grave.

Até agora, dois profissionais testaram positivo para o "Covid-19"; sendo um da McLaren - que já esta se recuperando dos sintomas da doença e um funcionário da Pirelli, do qual não se tem muitas informações. A Mercedes negou que um de seus funcionários tenha sido infectado pelo Covid-19, segundo informações do jornal italiano "El Corriere della Sera".

Chase Carey - chefão da Fórmula 1.
Chase Carey - chefão da Fórmula 1.

Veja abaixo um trecho da carta escrita por Chase Carey:

"Caros fãs da F1. Gostaríamos de dividir alguns pensamentos e perspectivas da semana passada neste momento em que lidamos com a pandemia de coronavírus.

Em primeiro lugar, nossa prioridade é a saúde e segurança dos fãs, times e organizações da Fórmula 1, bem como a sociedade como um todo.

Gostaríamos de pedir desculpas aos fãs afetados pelo cancelamento na Austrália, mas também pelo adiamento das outras corridas. Essas decisões estão sendo tomadas pela F1, FIA e organizadores das corridas em circunstâncias que mudam rapidamente, mas acreditamos que sejam decisões corretas e necessárias. Gostaríamos também de estender nossos pensamentos aos que já foram afetados, incluindo àqueles da família da F1".

Torcedor: compartilhe
Siga nas redes
Comentários
Carregar comentários
Assista ao nosso último vídeo:
Inscreva-se no canal