Está decidido - depois da McLaren informar que não iria participar do grid de largada do primeiro grande prêmio da temporada e após fortes manifestações do atual campeão da categoria, o inglês Lewis Hamilton, a Federação Internacional de Automobilismo (FIA) decidiu suspender o Grande Prêmio da Austrália de Fórmula 1.

A decisão de cancelar a primeira corrida do ano foi tomada após casos de coronavírus atingir pessoas que participam do círculo da Fórmula 1, em especial membros da McLaren. Em respeito ao público e para evitar ainda mais uma disseminação do "Covid-19", em conjunto com dirigentes de nove equipes, a organização da prova, a direção da categoria e oficiais da FIA suspenderam a mesma.

A medida só foi tomada após muita discussão e a menos de duas horas antes do primeiro dia de treinos livres - marcados para as 22h (no horário de Brasília). Sem uma nova data para o GP da Austrália dentro do calendário de 2020, os organizadores da Fórmula 1 declararam que irão reembolsar todos os expectadores que adquiriram seus ingressos.

GP de Melborne - na Austália é cancelado.
GP de Melborne - na Austália é cancelado.

Lembrando que pesou muito para os responsáveis da F1 a questão de um integrante da McLaren ter contraído o coronavírus - tendo outros 12 funcionários da equipe que trabalharam com o colega contaminado, isolados, porém, nenhum deles teve o "Covid-19" até o momento testado "positivo".

De acordo com a rede de televisão britânica "BBC", Kimi Raikkonen e Sebastian Vettel deixaram o país antes mesmo da confirmação oficial do cancelamento do Grande Prêmio de Melborne. O anúncio do cancelamento do GP da Austrália veio somente por volta das 20h (no horário de Brasília).

Com a pandemia que afeta o planeta inteiro, não existe uma data certa para a estreia da categoria em 2020 - assim como outros eventos esportivos espalhados mundo a fora que estão sendo suspensos ou cancelados - a exemplo da Libertadores da América, que foi suspensa a partir da próxima semana e tantos outros, como a NBA - nos Estados Unidos e a Champions League - na Europa.