Para ex-chefão da Fórmula 1, Hamilton deveria encerrar a sua carreira

"Se eu fosse Lewis, pensaria "ganhei outro título" e pararia", declarou Bernie Ecclestone em um novo pitaco dado durante essa semana a respeito da Fórmula 1.

Por Minha Torcida
Compartilhe

Ex-chefão da Fórmula 1 - Bernie Ecclestone nunca deixa de dar um pitaco sobre a categoria comandada por ele com mão-de-ferro por quarenta anos. O pitaco da vez do o ex-dirigente de 89 anos, foi sobre o futuro de Lewis Hamilton no esporte. Às vésperas de completar 35 anos, o inglês ainda tem mais um ano de contrato com a Mercedes, mas Ecclestone acredita que ele deveria se aposentar depois disso. O motivo? Um jovem piloto que vem despontando na Ferrari...

"Houve mudanças no topo e as novas pessoas não estão tão entusiasmadas com a F1 quanto os velhos. Eles podem pensar que venceram sete campeonatos mundiais - o que farão até o fim do próximo ano - então, por que ficar? Se eu fosse Lewis, pensaria "ganhei outro título" e pararia. Se Charles Leclerc permanecer na Ferrari, eu colocaria dinheiro nele para vencer Lewis. Ele não é necessariamente melhor, mas está estabelecido na equipe", declarou Ecclestone ao jornal inglês "Daily Mail".

Bernie Ecclestone - ex-chefe da F-1.
Bernie Ecclestone - ex-chefe da F-1.

O "ex-dono" da Fórmula 1 comentou também que se fosse Hamilton jamais iria para a Ferrari depois de acabado seu compromisso com a Mercedes. Para o dirigente, a combinação teoricamente não daria tão certo:

"A Ferrari é um lugar estranho para se trabalhar. Lewis não fala italiano. Eles podem se unir a ele ou se apaixonar por ele, mas não acredito que ele faria um trabalho tão bom para si ou para o esporte quanto na Mercedes. Se a Ferrari tivesse uma escolha de Lewis ou Max Verstappen, acho que eles iriam atrás de Max, pela mesma razão que gostam de Charles com Sebastian Vettel, eles só terão alguns anos, mas com os dois mais novos, eles podem ter dez anos. Não tenho certeza de que Max não seja o melhor cara no momento, incluindo Lewis", finalizou Ecclestone.

Em sua primeira temporada como piloto da Ferrari, Charles Leclerc vem superando o companheiro Sebastian Vettel. Em 20 corridas foram sete poles do monegasco contra duas do alemão. Nas vitórias, Leclerc também leva a melhor: 2 a 1. Por fim, na pontuação, a jovem estrela tem 249 pontos contra 230 do tetracampeão.

Torcedor: compartilhe
Siga nas redes
Comentários
Carregar comentários