Bomba nos bastidores da F1! As vésperas do Grande Prêmio da Espanha, que será realizado no próximo final de semana, no autódromo da Catalunha, o jornal inglês "Daily Mail" traz a notícia de que Valtteri Bottas pode ser demitido da Mercedes antes mesmo do final da temporada.

O atual piloto da escuderia alemã segundo o diário britânico deve ser substituído pelo piloto inglês - George Russel, da Williams, que na penúltima corrida da temporada 2020 substituiu Lewis Hamilton, diagnosticado com a COVID-19 e que por muito pouco não venceu a prova (o piloto em questão teve problemas em sua Mercedes na ocasião).

Ainda de acordo com a notícia, o jornal em questão se baseia em uma fonte anônima da equipe Mercedes, onde segundo esse, a direção está perdendo a confiança em Bottas.

"Existe uma inquietação na fábrica sobre a competência de Valtteri. Ele não está correspondendo, o que ficou claro com o trabalho que vimos de Russel no Bahrein", declarou tal fonte.

Hamilton x Bottas

Desde que Bottas chegou a Mercedes, vindo justamente da Williams, em mais de 50 corridas disputadas pela dupla, Bottas venceu apenas 9, contra 44 de Hamilton, dando com isso margens para a sua demissão prematura, onde a Mercedes teme perder o título de construtores para a RBR na atual temporada, assim, acreditam que necessitam de um piloto mais competente ao lado de Lewis Hamilton.

Decisão da Mercedes

A decisão segundo essa fonte que não teve sua identidade revelada, deve ser tomada em breve, muito provavelmente após a conclusão da 4ª etapa do calendário de 2021 da F1, que será realizado no próximo final de semana, conforme descrito no início desta matéria.