Nova regra na Fórmula 1 para a atual temporada. De acordo com informações vindas da categoria, a comissão organizadora da F1 aprovou nesta última segunda-feira a realização de um novo formato de treinos classificatórios a ser testado ainda neste ano.

Testes em três GPs

A nova regra será testada em três grandes prêmios deste calendário, onde as posições no grid de largada de cada uma delas serão definidas de acordo com a ordem de chega em uma "mini" corrida a ser realizada no sábado. Os circuitos donde essa regra será testada não foram revelados, mas sabe-se que serão dois na Europa e um fora do continente.

Atual formato do grid de largada x novo

Nos tempos de hoje, o grid de largada até aqui é disputado em um treino em que os pilotos correm contra o tempo. As sessões são divididas em três etapas, na primeira com os 20 pilotos, na segunda com os 15 melhores classificados e na terceira somente os dez melhores.

Com a nova proposta, a ideia é de ter apenas um treino livre na sexta-feira - com uma hora de duração, após esse, haverá um treino classificatório para formar o grid de largada da "mini" corrida do sábado, onde então teremos a formação do grid da prova verdadeira do domingo. Essa "mini" corrida deve ter um terço da duração da corrida de domingo.

Pontos extras

Para incentivar a nova ideia, os organizadores da F1 distribuirão pontos extras para quem tiver os melhores resultados, sendo três pontos para o primeiro, dois para o segundo e um para o terceiro - que serão somados ao GP de domingo.

Confira abaixo em detalhes como deve ser realizado esse teste:

Sexta-Feira

  • Treino Livre - com 60 minutos de duração e dois jogos de pneus por equipes;
  • Classificação à tarde, com apenas cinco jogos de pneus macios a disposição.

Sábado

  • Segundo treino livre - 60 minutos de duração;
  • Corrida classificatória, com 100 km de distância e com dois tipos de pneus disponíveis.

Domingo

  • Corrida de distância completa e o uso de dois jogos de pneus restantes.