Mesmo tendo vencido a primeira prova do calendário 2021, mesmo que essa tenha sido obtida de forma estranha, Lewis Hamilton admite que Max Verstappen será um adversário muito duro de ser batido neste ano, principalmente por estar a bordo de uma RBR, que melhorou e muito comparado a temporada passada.

"A cada ano falam sobre quando você atingiu seu pico. Acho que provavelmente estou nele, mas Max está muito bem neste momento, então vamos precisar de tudo e mais um pouco para termos outras performances como esta. Eu amo o desafio, e ainda amo o que faço, mas essa temporada começou como uma das mais complicadas; o ritmo da RBR é incrivelmente forte", declarou o piloto britânico.

Vitória por erro do oponente

Como já declaramos acima, Lewis Hamilton que viu Max Verstappen liderar todas as tomadas de tempo no final de semana do primeiro GP do calendário 2021, tendo inclusive marcado a pole position, tomou a primeira colocação do GP do Bahrein com a sua estratégia, no entanto, a vitória não foi tão fácil como nos últimos anos. O piloto da Mercedes viveu momentos de tensão nas últimas voltas do circuito de Sakhir, aonde chegou a ver Max ultrapassá-lo e até mesmo abrir distância, mas por erro do piloto da RBR, esse teve que devolver a posição por ultrapassar os limites da pista.

"Não podemos igualá-los na classificação agora. Pensei, então, que poderíamos chegar mais perto na corrida, mas foi perto demais para o meu gosto. A questão é que não sabemos o quanto eles estão melhores ou piores, em outras provas. Talvez nosso carro seja melhor em outras etapas do que a primeira, ou talvez pior. Vamos esperar e descobrir, mas uma coisa é certa: vamos trabalhar o máximo que pudermos para melhorar", finalizou Hamilton.