A maior categoria do automobilismo mundial anunciou nesta última quinta-feira, que todas as 23 provas previstas para o calendário de 2021 da F1 terão início com hora cheia; após passarmos três temporadas com largadas atrasadas em 1h10.

Com a determinação do novo CEO da Liberty Media - Stefano Domenicali, pelo menos dez etapas do calendário de 2021 terão seus inícios previstos para ocorrer às 10h (de Brasília) - sendo todas elas na Europa. O GP de São Paulo segue com seu horário previamente estabelecido, ou seja, às 14h.

GP do Azerbaijão às 9h (de Brasília)

Dentre todas as 23 provas do calendário 2021 da Fórmula 1, o GP do Azerbaijão será um dos poucos a iniciar em horário diferente dos demais, ou seja, 10h ou 14h (de Brasília), tendo sua largada prevista para iniciar às 9h (de Brasília); assim como o GP de Singapura, que iniciará neste mesmo horário. Já o GP do Barein, tem sua largada prevista para as 18h (12h de Brasília) e a corrida da Árabia Saudita às 13h (de Brasília).

Confira abaixo o calendário das 23 etapas da F1 com seus respectivos horários (de Brasília):

28/03 - GP do Barein - 12h

18/04 - GP de Emilia-Romagna - 10h

02/05 - A Confirmar

09/05 - GP da Espanha - 10h

23/05 - GP de Mônaco - 10h

06/06 - GP do Azerbaijão - 9h

13/06 - GP do Canadá - 15h

27/06 - GP da França - 10h

04/07 - GP da Áustria - 10h

18/07 - GP da Inglaterra - 11h

01/08 - GP da Hungria - 10h

29/08 - GP da Bélgica - 10h

05/09 - GP da Holanda - 10h

12/09 - GP da Itália - 10h

26/09 - GP da Rússia - 9h

03/10 - GP de Singapura - 9h

10/10 - GP do Japão - 2h

24/10 - GP dos EUA - 17h

31/10 - GP do México - 16h

07/11 - GP de São Paulo - 14h

21/11 - GP da Austrália - 3h

05/12 - GP da Árabia - 13h

12/12 - GP de Abu Dhabi - 10h

Além da informação na alteração de alguns horários para os inícios das provas, a Liberty Media também anunciou a alteração nos treinos livres de sexta-feira, com a redução em meia hora nesses - tendo um novo período de 1h30.