Alfa Romeu pode ter sua última temporada na Fórmula 1 em 2021. Sim, a principal patrocinadora da Sauber por fusão do grupo Stellantis, poderá dar adeus a categoria no final deste ano; entenda.

A Stellantis irá assumir o resultante da fusão da Fiat-Chrysler, com o Grupo PSA, o que deixa o futuro da equipe Alfa Romeu em dúvidas para a próxima temporada na F1, visto que o grupo quer redefinir as atividades esportivas, a começar pela equipe aqui em questão.

Alfa Romeo

A Alfa Romeo é o principal patrocinador da Sauber, tendo inclusive recebido o nome da escuderia na categoria mais importante do automobilismo mundial há três anos. Agora, com a fusão entre as marcas já acima citadas, a italiana patrocinador da Sauber parece ser desconhecida com essa união entre Fiat-Chrysler e Grupo PSA.

A permanência da Alfa Romeo como patrocinadora da Sauber dependerá dos planos do novo grupo, que se forma neste primeiro semestre de 2021, onde segundo o jornal italiano "La Gazzetta dello Sport", uma redefinição nos planos esportivos de todas as marcas envolvida nesta fusão, está sendo proposta, entre elas, a própria Alfa Romeo.

Estão presentes nesta fusão as seguintes marcas: Abarth, Alfa Romeo, Citroën, Chrysler, Dodge, DS, Fiat, Jeep, Lancia, Maserati, Opel/Vauxhall, Peugeot e RAM.

Além deste possível elo final entre a Sauber e a Alfa Romeo, por conta desta fusão, também poderá acarretar no final da parceria com a Ferrari - distribuidora de motores para a equipe, ainda mais após a marca italiana do "cavalinho" rampante expandir laços com a Haas.

Renault surge como alternativa

Se a Ferrari confirmar a retirada dos motores da equipe para 2022, a Renault poderá surgir como alternativa para a Sauber iniciar uma nova etapa a partir de então, segundo o portal francês "F1i.com".