Com o término da temporada de 2020 da Fórmula 1, o que falta a ser concluído para 2021? Curiosamente, o contrato do heptacampeão mundial de pilotos - o inglês Lewis Hamilton, que tem contrato válido com a Mercedes somente até 31 de dezembro e ainda não anunciou qualquer tipo de acerto - se bem que Toto Wolff - chefão da escuderia alemã acertou nesta quinta-feira, 18 de dezembro sua renovação de contrato, ficando a frente desta pelos próximos três anos; quem sabe virá daí um acerto rápido com o piloto em questão.

Companheiro de Max Verstappen na RBR

Além da renovação de contrato entre Hamilton e Mercedes, está em aberto o posto de companheiro de Verstappen na RedBull Racing, após a incerteza da permanência de Alex Albon. Para o posto de segundo piloto da equipe austríaca, há sondagens de que Sergio Perez e Nico Hulkenberg poderiam disputar esse assento, e assim os dois ficam em compasso de espera por uma decisão sobre quem será o companheiro de Verstappen na temporada 2021 da F1.

Se por um lado Albon tem o apoio do comando da RedBull Racing, por outro Perez e Hulkenberg trariam mais experiência para o time; além da consistência, claro, o que poderia ajudar em uma eventual disputa com a Mercedes na temporada que inicia no mês de março.

Lewis Hamilton e Mercedes

Voltando ao piloto inglês, esse espera poder confirmar sua permanência na Mercedes até o Natal, visto que já teria declarado de que deseja continuar na F1 em 2021, no que poderá ser seu último ano na categoria.

"Adoraria que fosse fechado antes do Natal (contrato). Meu plano é estar na F1 no ano que vem, quero estar na F1 ano que vem. Acho que nós, enquanto equipe, temos mais coisas para fazer juntos e mais coisas para conquistar, tanto no esporte, quanto fora dele. Então espero que possamos começar a negociar nesta semana e fechar antes do Nata", disse Lewis Hamilton.