A FIA através de seu Conselho anunciou nesta quinta-feira - 17 de dezembro, que aprovou o calendário para a Fórmula 1 em 2021. A temporada do próximo ano contará com 23 GPs, entre esses, o GP do Brasil, que será realizado em Interlagos.

O Campeonato Mundial de F1 iniciará no dia 21 de março, com o GP da Austrália, tendo como a última corrida da temporada, o GP de Abu Dhabi, no dia 05 de dezembro. Estranhamente, duas datas no mês de abril seguem em aberto, onde seria realizado o GP da Espanha, que ainda depende de um acordo para ser oficialmente anunciado dentro do calendário de 2021, e o GP do Vietnã, no dia 25, que por questões políticas internas, e pela prisão do principal responsável pelo evento no país, deixam a prova em análise.

Novidade no calendário 2021 da F1

A grande novidade para a próxima temporada da Fórmula 1 ficará mesmo por conta do GP da Árabia Saudita, em um circuito que ainda deverá ser montado pela ruas de Jidá; essa corrida está marcada para ocorrer no dia 24 de novembro. Além desse, à volta ao circuito da F1 do GP da Holanda, em Zandvoort, que esteve presente no calendário da categoria até os finais dos anos 70.

GPs do calendário 2020 estão fora

Sim, nenhuma das provas realizadas nesta temporada permaneceu no calendário em 2021, ou seja, as corridas nos circuitos de Mugello, Nurburgring, Portimão, Imola e Istambul ficaram de fora.

No entanto, voltam a F1 GPs deixados de lado neste ano por conta da pandemia, bem como: Melbourne (Austrália), Xangai (China), Monte Carlo (Monaco), Montreal (Canadá), Baku (Azerbaijão), Marina Bay (Singapura), Paul Ricard (França), Austin (EUA), Interlagos (Brasil), Cidade do México (México) e Suzuka (Japão).

Confira abaixo o calendário para a temporada 2021 da Fórmula 1

  • 21 de março - Austria (Melborne)
  • 28 de março - Barein (Sakhir)
  • 11 de abril - China (Xangai)
  • 25 de abril - A confirmar
  • 09 de maio - Espanha (Barcelona)
  • 23 de maio - Monaco (Monte Carlo)
  • 06 de junho - Azerbaijão (Baku)
  • 13 de junho - Canadá (Montreal)
  • 27 de junho - França (Paul Ricard)
  • 04 de julho - Áustria (Spielberg)
  • 18 de julho - Inglaterra (Silverstone)
  • 1º de agosto - Hungria (Hungaroring)
  • 29 de agosto - Bélgica (Spa-Francorchamps)
  • 05 de setembro - Holanda (Zandvoort)
  • 12 de setembro - Itália (Monza)
  • 26 de setembro - Rússia (Sochi)
  • 03 de outubro - Singapura (Marina Bay)
  • 10 de outubro - Japão (Suzuka)
  • 24 de outubro - EUA (Austin)
  • 31 de outubro - México (Hermano Rodríguez)
  • 14 de novembro - Brasil (Interlagos)
  • 28 de novembro - Arábia Saudita (Jidá)
  • 05 de dezembro - Abu Dhabi (Yas Marina)