Ele está fora do GP de Abu Dhabi e também da F1 em 2021; pelo menos por hora. Estamos nos referindo a Romain Grosjean, que não terá condições físicas para suportar um grande prêmio inteiro e com isso a Haas confirma a manutenção de Pietro Fittipaldi no grid da última prova da temporada 2020.

Em recuperação do grave acidente sofrido a 8 dias atrás, no GP do Bahrein, e das queimaduras nas mão por consequência deste, o piloto francês não terá condições de estar no último grid de largada em 2020 a bordo da Haas e desta forma o próprio anunciou no canal oficial da F1 que está fora da disputa do GP de Abu Dhabi, no próximo final de semana.

Romain Grosjean

Sem ter seu vínculo renovado com a Haas para 2021, o piloto francês tinha a intenção de correr a última prova da temporada 2020 da F1, mas por consequência dos ferimentos do grave acidente, o tiraram de "cena". Em compensação, a Mercedes já sinalizou que poderá dar a ele uma chance de realizar um teste na equipe como forma de "adeus" as pistas.

"É com profunda tristeza que informo que não estarei apto para realizar minha última corrida em Abu Dhabi e estar com o time lá. Nós tentamos bastante juntamente com o médico para recuperar e cuidar da minha mão, mas o risco de correr é muito grande para recuperação e minha saúde. Então, decidimos que não vou para a corrida. É uma decisão difícil; a mais difícil da minha vida, mas obviamente é a mais inteligente. Irei sentir falta da equipe, mas estarei torcendo por eles como sempre", declarou o piloto francês no site oficial da Fórmula 1.

10 anos de carreira

Nessa década estando a bordo de um carro da F1, Grosjean esteve no cockpit de dois carros: a Lotus e a Haas, onde essa última agradeceu a ele por seis temporadas, que iniciou antes mesmo da estreia da equipe na categoria.

GP de Abu Dhabi

A última corrida do ano em 2020 será no deserto, mas isso é assunto para trazermos ao longo desta semana; aguardem!

IMAGEM DE CAPA/Créditos: formula1.com