Crise financeira e técnica atrapalham planejamento futuro do Fluminense

Com uma séria crise financeira e com mau momento da equipe no Brasileirão, a direção do clube carioca não consegue sentar para planejar o ano de 2020, segundo o presidente Mário Bittencourt.

Por Minha Torcida
Compartilhe

Mesmo ainda brigando para se livrar da "zona perigosa" do Campeonato Brasileiro, a direção do Fluminense já que dar início ao planejamento de 2020 e se possível com a permanência na "elite" do futebol brasileiro.

No entanto, segundo Mário Bittencourt - presidente do Fluminense, o momento conturbado financeiramente e a má campanha dentro do Brasileirão estão atrapalhando o planejamento da direção.

Com 29 pontos na tabela de classificação, o Tricolor Carioca estacionou na 16ª colocação - uma a frente da "zona de rebaixamento", onde encontra-se o Cruzeiro - na 17ª posição. Com isso, a incerteza sobre a permanência na elite do futebol nacional insiste em permanecer em 2019, o que vem atrapalhando a busca por parceiros fora de campo - como, por exemplo, fortes patrocinadores.

Mrio Bittencourt - presidente do Fluminense.
Mário Bittencourt - presidente do Fluminense.

Além disso, a forte crise financeira pelo qual vive o Fluminense é outro motivo que trava a preparação para 2020. O Tricolor está em constante negociação com jogadores para o acerto de renovações de contrato, porém, essas acabam travando por causa dos salários que estão atrasados devido a "tal" crise financeira do clube.

Na tentativa de melhorar um pouco o ambiente, o elenco do Fluminense treina nesta sexta-feira e encerra a preparação para o confronto deste sábado, às 19h30, contra a Chapecoense - adversário direto contra o rebaixamento, em partida válida pela 29ª rodada do Brasileirão, que será realizada no Maracanã.

Torcedor: compartilhe
Siga nas redes
Comentários
Carregar comentários
Assista ao nosso último vídeo:
Inscreva-se no canal