Oswaldo de Oliveira deve ser demitido do Fluminense

Os fracos resultados nas rodadas anteriores e a discussão com Paulo Henrique Ganso foram os estopins para que a saída seja questão de tempo.

Por Talis Andrey de Mello
Compartilhe

Mais um técnico pode ser demitido no futebol brasileiro. Oswaldo de Oliveira está muito pressionado no Fluminense e deve deixar o cargo de treinador da equipe nas próximas horas. Além dos resultados insuficientes nas últimas rodadas, a discussão entre treinador e o meia Paulo Henrique Ganso na partida diante do Santos, na última quinta-feira.

Ameaçado pelos resultados e pelo desempenho do time, o treinador, agora, sofre com o desgaste de ter entrado em atrito com a torcida e com o principal jogador do elenco, Paulo Henrique Ganso. O técnico trocou ofensas com o camisa 10 durante o jogo e fez gesto obsceno a torcedores que o hostilizaram na saída para o vestiário.

O treinador não foi demitido após a partida, mas está longe de estar com o cargo em segurança. A sexta-feira promete ser decisiva. A tendência é que o presidente Mário Bittencourt, o vice-geral Celso Barros e o diretor de futebol Paulo Angioni se reúnam pela manhã para definir o futuro do treinador. Ambos os membros da direção do clube estiveram presentes no Estádio do Maracanã até os 39 minutos do segundo tempo, onde passaram pouco tempo com os jogadores e comissão técnica, e depois foram embora em carros diferentes.

Oswaldo de Oliveira deve ser demitido do Fluminense. (Foto: Maga Jr.)
Oswaldo de Oliveira deve ser demitido do Fluminense. (Foto: Maga Jr.)

O trio preferiu não debater o assunto e tomar uma decisão logo após o fim do jogo. Assim como aconteceu na demissão de Fernando Diniz, os dirigentes decidiram conversar com mais calma no dia seguinte.

Dificilmente o treinador permanecerá no cargo. A situação já era vista como delicada devido ao contexto de resultados, desempenho do time e pouca adaptação do elenco ao método de trabalho. Com os episódios desta noite, a visão é de que a situação ficou difícil de se sustentar.

Torcedor: compartilhe
Siga nas redes
Comentários
Carregar comentários
Assista ao nosso último vídeo:
Inscreva-se no canal