Oswaldo de Oliveira é confirmado como novo treinador do Fluminense

A apresentação oficial do treinador do Fluminense será na próxima segunda-feira, assim sendo, ele não estará à frente da equipe nesta noite, quando o time das Laranjeiras encara o Corinthians em partida válida pelas quartas de final da Sul-Americana.

Por Minha Torcida
Compartilhe

Mesmo com grande rejeição por parte dos torcedores tricolores, a direção do Fluminense anunciou na noite desta última terça-feira o substituto de Fernando Diniz no cargo de treinador da equipe principal. Trata-se de Oswaldo de Oliveira, de 68 anos, que chega para assumir a equipe das Laranjeiras pela terceira vez em sua carreira.

A apresentação oficial do novo treinador do Fluminense será na próxima segunda-feira, assim sendo, ele não estará à frente da equipe nesta noite, onde o time das Laranjeiras encara o Corinthians em partida válida pelas quartas de final da Copa Sul-Americana - o time será comandado pelo auxiliar técnico Marcão, que chegou a ser jogador de Oswaldo no Tricolor.

Oswaldo de Oliveira.

Além do novo comandante técnico, chegará com ele dois novos profissionais da comissão técnica: os auxiliares Luiz Alberto da Silva e Sidney Morais.

Oswaldo teve sua primeira passagem pelas Laranjeiras em 2001, quando conseguiu levar o Fluminense até as semifinais do Brasileirão daquele ano; a sua segunda passagem foi em 2006, quando essa foi encerrada por polêmica envolvendo Celso Barros que na época era o presidente da Unimed/Rio. Na ocasião o treinador acusou o hoje vice-presidente do Fluminense pela demissão por tentar influenciar na escalação da equipe.

O último trabalho do "novo" treinador do Fluminense foi no Japão, no primeiro semestre do ano, quando comandou a equipe do Urawa Reds. Antes desse, teve como últimos trabalhos, trabalhos discretos pelo Atlético-MG, Flamengo, Palmeiras e Santos.

O grande trabalho de Oswaldo Oliveira a frente de uma equipe foi no início de sua carreira, em 1999, quando assumiu o Corinthians no lugar de Vanderlei Luxemburgo, que havia sido convidado para comandar a Seleção Brasileira na época. Pelo clube paulista ele chegou a conquistar o Campeonato Paulista, Brasileiro e Mundial de Clubes.

Torcedor: compartilhe
Siga nas redes
Comentários
Carregar comentários
Assista ao nosso último vídeo:
Inscreva-se no canal