Procurado do STJD-RJ pede a exclusão do "Flu" do Campeonato Carioca e suspensão do presidente

Com essa denúncia por parte da procuradoria do TJD-RJ, o Fluminense está sendo enquadrado nos artigos 231 e 258-D; já o presidente do clube está sendo denunciado nos artigos 243-D e 258 do Código Brasileiro de Justiça Desportiva.

Por Minha Torcida
Compartilhe

A final da "Taça Guanabara" ainda está dando muito assunto, mesmo após a sua conclusão. Nesta última segunda-feira, o procurador-geral do "Tribunal de Justiça Desportiva" do Rio de Janeiro - André Valentim, apresentou uma denúncia contra o "Tricolor das Laranjeiras" e contra o presidente do clube - Pedro Abad, acusando o mandatário do Fluminense pelas confusões nos arredores do Maracanã na decisão do primeiro turno do Campeonato Carioca, no domingo passado, contra o Vasco.

Para Valentim, Abad e o Fluminense são os reais culpados por toda a confusão que ocorreu antes e no início do confronto entre os dois finalistas da "Taça Guanabara" e mais, o procurador do TJD-RJ também acusou o Tricolor de procurar a justiça comum antes mesmo de esgotar as esferas desportivas.

Com essa denúncia por parte da procuradoria do TJD-RJ, o Fluminense está sendo enquadrado nos artigos 231 e 258-D; já o presidente do clube está sendo denunciado nos artigos 243-D e 258 do Código Brasileiro de Justiça Desportiva. As penas para os casos podem variar de multa a exclusão do Campeonato Carioca - aqui para o clube, e multa e suspensão de até 720 dias - nesse caso para o presidente do Fluminense.

Pedro Abad - presidente do Fluminense.
Pedro Abad - presidente do Fluminense.

O caso deverá ser julgado por uma "Comissão Disciplinar" sem data ainda marcada para ocorrer.

Veja abaixo o que cada artigo da "Lei Desportiva" quer dizer:

Art.231: Pleitear, antes de esgotadas todas as instâncias da Justiça Desportiva, matéria referente à disciplina e competições perante o "Poder Judiciário", ou beneficiar-se de medidas obtidas pelos mesmos meios por terceiro. Pena: exclusão do campeonato ou torneio que estiver disputando e multa de R$ 100,00 a 100.000,00. (Clube).

Art.243-D: Incitar publicamente o ódio ou a violência. Pena: multa de R$ 100,00 a R$ 100.000,00 e suspensão pelo prazo de trezentos e sessenta a setecentos e vinte dias. (Presidente).

Art. 258: Assumir qualquer conduta contrária a disciplina ou à ética desportiva não tipificada pelas demais regras deste Código. Pena: suspensão de uma a seis partidas, provas ou equivalentes, se praticada por atleta, mesmo se suplente, treinador, médico ou membro da comissão técnica, e suspensão pelo prazo de quinze a cento e oitenta dias, se praticada por qualquer outra pessoa natural submetida a este Código. (Presidente).

Art. 258-D: As penalidades de suspensão decorrentes das infrações previstas neste Capítulo poderão ser cumuladas com a aplicação de multa de até R$ 10.000,00 para a entidade de prática desportiva a que estiver vinculado o infrator, observados os elementos de dosimetria da pena e, em especial, o previsto no art. 182-A.

Torcedor: compartilhe
Siga nas redes
Comentários
Carregar comentários
Assista ao nosso último vídeo:
Inscreva-se no canal