Está confirmado; Odair Hellmann não é mais técnico do Fluminense. O profissional em questão comunicou a direção do "Tricolor das Laranjeiras" que recebeu uma proposta irrecusável do Al Wasl - dos Emirados Árabes Unidos e com isso deixará o clube junto com seu auxiliar - Maurício Dulac.

Mediante a essa informação e confirmação na tarde desta última segunda-feira, a direção do Fluminense agiu rápido e anunciou que Marcão - auxiliar técnico permanente do clube e que irá comandar o time no restante da temporada, ou seja, até fevereiro de 2021. O treinador que estava comandando o Sub-23 já treinará o time principal nesta terça-feira, visando a preparação do time para o próximo compromisso pelo Campeonato Brasileiro, diante do Vasco, no domingo, em São Januário.

Odair Hellmann assina rescisão e se despede dos jogadores

O agora ex-técnico do Fluminense assinou sua rescisão de contrato ainda na tarde desta última segunda-feira, onde posterior a essa se despediu dos jogadores. Odair Hellmann sai deixando o Tricolor das Laranjeiras na quinta colocação do Brasileirão 2020 e dentro da zona de classificação a Libertadores. Sob seu comando, o Fluminense conquistou a Taça-Rio e foi vice-campeão carioca.

Paulão - comanda o Fluminense

Como já declaramos acima, o presidente - Mário Bittencourt juntamente com o diretor executivo de futebol - Paulo Angioni, após o pedido de desligamento de Odair Hellmann, se reuniram e chegaram a conclusão que poderão seguir até o final da temporada 2020 com uma solução caseira, desta forma chegaram ao nome de Paulão para comandar o time principal. Vale lembrar que Paulão chegou a ser efetivado na função de treinador principal em 2019, quando comandou o Tricolor nas últimas 16 rodadas do Brasileirão, logo após a demissão de Oswaldo Oliveira.

Como técnico principal, Paulão tem 24 jogos, sendo desses: 9 vitórias, 9 empates e 6 derrotas - um aproveitamento de 50%; um pouco menor que Odair Hellmann, que chegou a 56%, com 24 vitórias, 12 empates e 14 derrotas - em 50 jogos.

Como forma de despedida de Odair Hellmann e Maurício Dulac, a direção publicou uma nota oficial anunciando a saída dos dois, onde no final desta escreveu o seguinte: "O Fluminense agradece o trabalho realizado por Odair Hellmann e Maurício Dulac a frente da equipe e lhes deseja sucesso em suas carreiras".