Logo após a vitória no último lance da partida contra o Goiás, nesta última terça-feira, em duelo válido pela 11ª rodada do Brasileirão, Marcos Braz e Bruno Spindel se reuniram para um jantar com o goleiro Diego Alves e seu empresário - Eduardo Maluf, onde continuaram as conversas sobre a renovação de contrato do jogador com o rubro-negro.

O encontro foi em um restaurante na Barra da Tijuca, em um papo descontraído, sem falar sobre valores que travam a permanência do goleiro no Ninho do Urubu; o jantar contou até mesmo com a presença do atacante Michel - que também é representado por Eduardo Maluf.

Vínculo até 2022

As tratativas para um acerto entre as partes seguiram ao longo desta última terça-feira e com uma boa relação entre o empresário do goleiro Diego Alves e com a direção do Flamengo, tudo indica em um final feliz para ambos os lados. Flamengo e Diego Alves tentam chegar a um denominador comum com relação aos salários a receber neste seu novo contrato, que deverá ser estendido até dezembro de 2022 - o atual encerra agora no final deste ano.

Sem jogar a algum tempo por conta de uma lesão no ombro, Diego Alves enquanto estava em tratamento indicou internamente que gostaria de que o Flamengo trocasse o preparador de goleiros - Wagner Miranda, mas o clube não aceitou.

Segundo fontes próximas as duas partes e não reveladas, é de que esta negociação se estenda por pelo menos até o final do ano, havendo certo otimismo por parte da direção flamenguista de que Diego Alves ceda nas questões financeiras e encerre esta novela para se concentrar em ajudar o Flamengo dentro das quatro linhas. Promessa de novos capítulos desta "novela" que já se arrasta por algum tempo. Estaremos de olho!