Os torcedores do Flamengo não esperavam uma decepção logo de cara na estreia do novo comandante técnico, que neste domingo viu seu time perder na estreia do Brasileirão diante do Atlético-MG, comandando por Jorge Sampaoli.

Tudo bem que o gol do "Galo" foi contra, mesmo assim, não foi aquele mesmo time da "era" Jorge Jesus e sabedor do desafio que terá pela frente, Domènec Torrent não fugiu da raia e em entrevista coletiva destacou que o Flamengo pode jogar muito melhor.

Demonstrando uma tranquilidade absurda, Torrent em "portunhol" respondeu a todas as perguntas, onde o mesmo lamentou a derrota do Rubro-Negro para o Galo - por 1 a 0, em sua estreia no comando técnico da equipe carioca.

Sem se abalar com o mau resultado do Flamengo na primeira partida sob o seu comando, o treinador disse acreditar no potencial do time para realizar melhores apresentações.

"O problema para nós foi que o Atlético-MG jogou quatro jogos nos últimos dias, enquanto nós ficamos 24 dias sem jogar. Mas é um time de qualidade. Todo mundo que está no futebol sabe que é difícil jogar depois de tanto tempo parado. O Atlético é um bom time e jogou bem", declarou o espanhol.

Questionado sob sua opção de colocar cinco atacantes em campo na etapa complementar, com as entradas de Pedro e Michael, o profissional diz não ter problema com isso.

Domènec Torrent em seu primeiro jogo no comando do Flamengo
Domènec Torrent em seu primeiro jogo no comando do Flamengo

"Queria jogar aberto com cinco atacantes, porque queria reverter o resultado. Mas às vezes não é possível vencer. Principalmente quando temos muitas oportunidades e não fizemos como ocorreu no primeiro tempo. E ainda tomamos um gol contra. Mas o campeonato é longo e vamos ter chance de jogar muito bem", comentou.

Confiando em seu trabalho, o técnico espanhol reconhece que estrear perdendo não é bom, porém, sabe que o Flamengo é o time a ser batido neste torneio.

"É importante começar vencendo, especialmente para o treinador. No futebol quando você não marca gols, você pode perder. Tenho experiência com equipes ganhadoras e irei tentar convencer meus jogadores de que precisam estar atentos, porque todos adversários vão querer nos vencer".

Por fim, Domènec Torrent disse que não tem pressão neste momento por chegar agora e por assumir o Flamengo que é o time a ser batido por todos.

"Estou acostumado a jogar com grandes equipes e em grandes jogos. Tenho experiência. Compreendo que quando você não ganha, acaba sendo cobrado. Isso já vi na Espanha, na Inglaterra e na Alemanha e é normal aqui no Brasil. Os torcedores não estão felizes e eu não estou feliz. A única maneira do Flamengo poder seguir ganhando é trabalhando duro. Sem pressão", finalizou ele.