Sem acordo com Carvalhal, agora o Flamengo parte para o "plano B" e esse nada mais é, que o espanhol Domènec Torrent, ex-auxiliar de Pep Guardiola.

Segundo as últimas informações vindas do "Ninho do Urubu", as mesmas indicam que os integrantes da direção flamenguista que encontram-se na Europa na missão de buscar um substituto a Jorge Jesus - que acertou seu retorno a Portugal, teriam uma reunião agendada com o treinador acima citado.

Bruno Spindel e Marcos Braz querem discutir com Torrent valores, condições de contrato e a montagem de uma possível comissão técnica do treinador.

Vale aqui salientar que antes mesmo do Flamengo ouvir um "não" de Carvalhal, o Flamengo já havia tentado conversar com pelo menos outros cinco treinadores, mas nenhum sequer aceitou a ouvir a proposta do clube brasileiro; bem pelo contrário, foram os dois representantes do Rubro-Negro que mais ouviram.

Pep Guardiola e Domènec Torrent - Manchester City
Pep Guardiola e Domènec Torrent - Manchester City

Com o ex-auxiliar de Pep Guardiola, foi diferente, pelo menos esse explicou a Braz e Spindel, como gosta de ver suas equipes jogando; além disso, também comentou sobre seu tempo ao lado de Guardiola, o que agradou aos flamenguistas, que agora querem uma nova conversa com Torrent.

Para que o Flamengo voltasse a procurar o profissional espanhol, contou a vontade desse em dirigir o Rubro-Negro, isso sem falar em seu perfil, que é considerado o ideal na busca de um novo comandante técnico para o "Mengão".

Se a conversas desta terça-feira forem favoráveis ao Flamengo, Torrent muito provavelmente deverá trazer consigo o assistente Jordi Guerrero e o analista Jordi Gris. O seu preparador físico não deverá vir junto, uma vez que o mesmo está com problemas pessoais, desta forma deverá ficar de fora da comissão técnica.

Aguardemos os próximos capítulos da nova novela do Flamengo: "Em busca de um novo treinador".