O grande campeão da última temporada do futebol nacional finalmente consegue um acordo com os jogadores e esse é comunicado saiu nesta terça-feira. Estamos obviamente nos referindo ao Flamengo, que chegou a um acordo para a redução de 25% nos salários e postergação de direitos de imagem de seus jogadores profissionais.

A medida serve como contenção da crise causada pela pandemia do novo Coronavírus - que também atingiu o Flamengo, que foi o grande campeão de 2019, levantando os canecos da Libertadores e Brasileirão. O acordo firmado pela direção do Rubro-Negro com seus atletas valerá para os meses de maio e junho deste ano, após esse período a situação será reavaliada, podendo ter uma extensão do mesmo.

Assim como declaramos acima, a informação foi repassada através de uma nota oficial, que ainda informa que o clube irá pagar os direitos de imagens de seus jogadores em 10 vezes a partir de janeiro de 2021. Vale salientar que esse acordo não contempla o técnico Jorge Jesus, com quem o Flamengo negocia uma renovação de contrato.

Elenco do Flamengo teve redução de 25% em seus salários nos meses de maio e junho de 2020
Elenco do Flamengo teve redução de 25% em seus salários nos meses de maio e junho de 2020

Veja abaixo trecho dessa nota oficial publicada pelo clube em sua página oficial na internet:

"A crise econômica resultante da pandemia da COVID-19 é grave e afeta a todos. Infelizmente, medidas duras são necessárias de forma a garantir a continuidade de todas as instituições e empresas. O Clube de Regatas do Flamengo, apesar de se tamanho e sua situação financeira equilibrada, não está imune a isso. Dentro desta nova realidade, o clube e seus jogadores do elenco de futebol profissional comunicam que firmaram um acordo de redução salarial e postergação de diretos de imagem, que valerá para os meses de maio e junho de 2020. Após esse período a situação será reavaliada e serão discutidos eventuais ajustes. O elenco profissional de jogadores autorizou ao clube uma redução de 25% de seus salários relativos aos meses já citados e também a postergação dos direitos de imagem que seriam pagos nesses meses de 2020 para quitação em 10 parcelas, a partir de janeiro de 2021. Este acordo será formalizado entre o clube e os atletas nos próximos dias".