O técnico do Flamengo já está em Portugal. Jorge Jesus chegou a Lisboa no início da manhã - ainda madrugada no Brasil para passar a quarentena por conta do coronavírus em família. Após nove horas de vôo, o profissional em questão surpreendeu-se com a presença de jornalistas no Aeroporto da Portela e recusou-se a falar com os jornalistas que o aguardavam.

De acordo com informações do jornal "A Bola", Jorge Jesus achou um absurdo que jornalistas se expusessem ao risco de contaminação do coronavírus para recebê-lo e entrevista-lo. Visivelmente irritado, deixou o local em silêncio.

O treinador do Flamengo testou positivo para o coronavírus há uma semana, mas os indícios foram apontados como fracos e a contraprova deu inconclusiva. Um segundo exame tranquilizou a todos com a confirmação de que o comandante rubro-negro não está contaminado com o COVID-19.

Jorge Jesus em seu desembarque na capital portuguesa.
Jorge Jesus em seu desembarque na capital portuguesa.

Diante do diagnóstico e com a suspensão dos treinamentos por tempo indeterminado, o Mister aproveitará para passar os momentos de reclusão com a família. De toda comissão técnica portuguesa, que conta com outros seis membros, apenas o preparador físico Mário Monteiro optou por seguir no Brasil.

Jorge Jesus desembarcou na capital de seu país acompanhado de João de Deus, Tiago Oliveira, Márcio Sampaio, Gil Henriques e Rodrigo Araújo. Não há previsão de retorno ao Brasil.

O Rubro-Negro emitiu um comunicado interno de volta aos trabalhos para o dia 21 de abril, mas tudo dependerá da evolução do coronavírus. Diante do posicionamento do Ministério da Saúde, é improvável que a estimativa seja cumprida.

De Portugal, Jorge Jesus seguirá em contato com a diretoria rubro-negra para discutir a renovação do contrato que acaba dia 31 de maio. As partes já iniciaram as tratativas, mas ainda há divergências financeiras consideráveis em um possível acordo.