Pablo Marí foi uma das contratações mais surpreendentes da história do Flamengo. E além de ter sido um dos principais jogadores do time que se sagrou campeão da Copa Libertadores da América e do Campeonato Brasileiro, o zagueiro espanhol também irá trazer muito retorno do ponto de vista financeiro. Isso porque, considerando o valor que o Flamengo pagou para tirar o zagueiro do futebol europeu, e o valor total da negociação que pode receber do Arsenal, o rubro-negro pode ter um exorbitante lucro: Exatamente 1.159%.

Para entender isso, precisa-se especificar os valores envolvidos: Na metade de 2019, para comprar Pablo Marí em definitivo, o Flamengo precisou pagar 1,27 milhão de euros ( R$ 4,6 milhões na cotação da época) ao Manchester City. Como estava em fim de contrato com o clube inglês, o valor foi bem abaixo dos padrões do mercado europeu.

Titular absoluto do Flamengo e multi-campeão em 2019, Pablo Marí obteve grande salto em seu valor de mercado. Apontado como um dos principais jogadores da posição no futebol sul-americano, o jogador custou 8 milhões de euros garantidos pela negociação com o Arsenal. E pode receber mais 8 milhões de euros em variáveis. Ou seja, o total na negociação tem potencial para chegar a 16 milhões de euros.

Pablo Marí é o novo reforço do Arsenal. (Foto:Divulgação)
Pablo Marí é o novo reforço do Arsenal. (Foto:Divulgação)

O pagamento terá oito milhões de euros fixos e oito milhões de euros condicionados a variáveis, da seguinte maneira:

  • 3 milhões de euros em junho;
  • 5 milhões de euros agora;
  • 1 milhão de euros a cada 10 jogos de Marí pelo Arsenal, até alcançar o valor máximo de 8 milhões de euros;
  • Total: 16 milhões de euros

Na última quarta-feira, Pablo Marí foi anunciado de forma oficial pelo Arsenal. A negociação será feita por empréstimo, com obrigação de compra por parte dos ingleses.

Parte dos recursos que foram arrecadados com a venda de Marí, já foram usados imediatamente pela diretoria do Flamengo para investir em sua reposição. Ao mesmo tempo que confirmou a saída do zagueiro espanhol, o rubro-negro anunciou a chegada de Léo Pereira, que obrigou o Flamengo a pagar 7 milhões de euros ao Athletico.