Bruno Henrique pode deixar o Flamengo rumo ao futebol chinês

O atacante em questão segundo as últimas informações do mercado da bola está à espera de uma proposta do mercado asiático e pode deixar o Rubro-Negro no início de 2020.

Por Müller
Compartilhe

Com 34 gols na temporada e eleito o melhor jogador da Libertadores, Bruno Henrique está valorizado e assim como seu companheiro de ataque (Gabigol), pode estar deixando o Flamengo. O atacante em questão segundo as últimas informações do mercado está à espera de uma proposta do mercado asiático.

Vale lembrar que no último jogo no Maracanã, diante do Avaí, estiveram presente no estádio o agente do atacante - Dênis Ricardo acompanhado de "scouters e investidores chineses" - além desses, os empresários Giuliani Bertolucci e Kia Joorabchian.

Na ocasião, Bruno Henrique não participou da partida por ter sentido uma lesão e foi poupado do confronto - lembrando que em poucos dias o Flamengo fará sua estreia no Mundial de Clubes - FIFA.

Bruno Henrique com a taça do Campeonato Brasileiro - imagem: arquivo pessoal.
Bruno Henrique com a taça do Campeonato Brasileiro - imagem: arquivo pessoal.

O Rubro-Negro, que desembolsou R$ 27 milhões para tirar o atacante do Santos em janeiro, está respaldado pela multa de 30 milhões de euros - o equivalente a quase R$ 140 milhões. Após o duelo diante dos catarinenses, ainda nas dependências do Maracanã, Dênis confirmou o encontro, mas frisou desconhecer o interesse chinês.

"Me encontrei com eles (Bertolucci e Joorabchian) casualmente. Mas é inevitável que um jogador que atingiu o patamar do Bruno Henrique desperte interesse. Mas até agora não recebemos nada do futebol chinês", disse o agente do atleta.

Nesta mesma entrevista, o empresário de Bruno Henrique, que retornou a poucos dias da Europa, admitiu que o jogador foi tema de conversas na viagem.

"Tive bons contatos e boas conversas sobre o Bruno na Europa", revelou, optando por não revelar o roteiro da viagem.

Perguntado se Bruno Henrique teria interesse em deixar o Flamengo após o Mundial de Clubes da FIFA, o agente ressaltou:

"O que importa é o jogador estar feliz. Tudo tem que ser analisado", finalizou.

Prestes há completar 29 anos, o atacante tem contrato com o clube carioca até dezembro de 2021.

Torcedor: compartilhe
Siga nas redes
Comentários
Carregar comentários
Assista ao nosso último vídeo:
Inscreva-se no canal