Em meio a comemoração do título brasileiro, Landim fala da negociação com Jorge Jesus

Com contrato válido até a metade de 2020, o Flamengo tentar estender o vínculo de seu treinador até o final da próxima temporada.

Por Minha Torcida
Compartilhe

Em partida que marcava a entrega da taça ao grande "Campeão Brasileiro" de 2019, o Flamengo não tomou conhecimento do Ceará e aplicou uma goleada de 4 a 1, em duelo válido pela 35ª rodada. Bastante satisfeitos com os resultados da equipe, que também conquistou a tão sonhada Libertadores, a direção "Rubro-Negra" já se movimenta nos bastidores para garantir a permanência de seu treinador - aqui falando de Jorge Jesus até o fim da temporada 2020.

Em entrevista pós-jogo e comemoração do título de Campeão Brasileiro, o presidente do Flamengo - Rodolfo Landim, comentou sobre a situação do treinador

"Eu acho que dá. Acredito que ele quer ficar. A gente ainda não conversou, mas acertamos que iríamos conversar ao final da temporada, até para não perder o foco. E agora a temporada ficou um pouco mais longa (com o Mundial de Clubes), graças a Deu", declarou Landim, ao canal "Premiere".

Jorge Jesus e Rodolfo Landim - na chegada de Mister ao Flamengo.
Jorge Jesus e Rodolfo Landim - na chegada de "Mister" ao Flamengo.

Na mesma coletiva, o mandatário "Rubro-Negro" contou um fato curioso sobre a negociação dos termos presentes no contrato de Jorge Jesus. Ao expor as premiações referentes aos títulos, Rodolfo Landim fez questão de abordar um que a torcida do Fla não deixa de cantar nas arquibancadas, mostrando a sua sede por conquistas.

"Na verdade estávamos discutindo a remuneração variável dele. Quando eu estive negociando o contrato com o "Mister", a gente falou sobre as premiações do Brasileiro e Libertadores, e ele falou: "Está faltando uma aí, a do Mundial". Se eu tinha ainda alguma dúvida de que o cara certo era ele, eu deixei de ter nesse momento. Ele quer ganhar tudo, pensa como a atual administração do Flamengo", revelou.

O treinador português tem contrato com o Flamengo até junho de 2020 e o desejo do Flamengo, expresso pelo próprio presidente do clube, é de que o treinador renove o vínculo e esteja no comando da equipe para o restante de 2020. O que se tornou evidente foi à entrada de Jesus no rol dos grandes técnicos da história do Rubro-Negro.

Torcedor: compartilhe
Siga nas redes
Comentários
Carregar comentários
Assista ao nosso último vídeo:
Inscreva-se no canal