Obviamente, não pegou bem a agressão do dirigente do Vasco da Gama ao atacante Gabriel. Após o fim do clássico da última quarta-feira, durante a confusão entre jogadores, um dos membros da direção do time cruz-maltino agrediu o atacante do Flamengo. André Souza, diretor de futebol do Vasco, foi flagrado pelas câmeras praticando tal ato.

Segundo informações do jornalista Jorge Nicola, do canal de TV fechada ESPN, o Flamengo já pediu todas as imagens, tanto das imagens do sistema de monitoramento quanto das emissoras de televisão para levar a situação adiante. A ideia é provar que Gabigol foi agredido sem qualquer motivo e sequer reagiu, versão que é confirmada pelas imagens. No momento, o atacante discutia com Fellipe Bastos, volante do Vasco.

Clássico entre Flamengo e Vasco terminou em confusão. (Foto:GE)
Clássico entre Flamengo e Vasco terminou em confusão. (Foto:GE)

De acordo com declarações do diretor de futebol do Flamengo, Marcos Braz, a situação é tratada pelo Flamengo como "desconfortável":

"Os jogadores entre si brigam, discutem, depois saem abraçados muitas vezes, é do jogo. O que é desconfortável é um integrante da comissão técnica do Vasco chegar, agredir por trás o Gabriel quando já tinha acabado o jogo. Fora do normal", disse Marcos Braz.

A confusão no gramado do Maracanã foi observada, e mais tarde relatada pelo árbitro do jogo, Wilton Pereira Sampaio, mas não foi citado nada de comprometedor. Nem Gabigol ou o dirigente do Vasco, porém, são citados especificamente pelo árbitro, que detalhou apenas episódio envolvendo Paulo Pelaipe, gerente rubro-negro, que o teria ofendido.

CONFIRA ABAIXO O TRECHO DA SÚMULA ENVOLVENDO AS CONFUSÕES DO FIM DA PARTIDA:

Foto:Reprodução
Foto:Reprodução