Ele está de volta ao convívio do dia-a-dia no Flamengo - claro que estamos falando de Rafinha, que após passar por um procedimento cirúrgico para corrigir uma fratura na face, na última segunda-feira, se reapresentou hoje no Ninho do Urubu para dar início a fisioterapia e fazer tratamento em período integral - sua presença diante do Grêmio, na próxima quarta-feira, em partida válida pelas semifinais da Libertadores, não está descartada. No entanto, ele ficará de fora do clássico Fla-Flu, no próximo domingo.

O lateral-direito do Rubro-Negro se lesionou em um choque com Rony, do Athletico, no último final de semana, ainda na primeira etapa do confronto válido pela 25ª rodada do Brasileirão.

De acordo com o diagnóstico clínico, a fratura no rosto de Rafinha se deu no osso zigomático - também conhecido como "osso da bochecha". A cirurgia como informamos, foi realizada na segunda-feira, tendo alta um dia depois, ou seja, na última terça-feira e desde então passa por avaliação diária.