Uma nova proposta dentro do Clube de Regatas Flamengo em relação aos ingressos para os jogos de futebol está sendo apresentada pelos conselheiros do mesmo - eles querem preferência sobre os sócios-torcedores.

Um grupo de conselheiros do Rubro-Negro está se articulando para ter prioridade na compra de ingressos em relação a todos os planos de sócios-torcedores. A proposta de emenda ao estatuto do clube está em busca de assinaturas para ser enviada ao presidente do Conselho Deliberativo - Antônio Alcides e ao presidente do Conselho Diretor - Rodolfo Landim, com a sugestão da aprovação de um "artigo" que possa garantir a exclusividade e desconto máximo aos sócios do clube maiores de 18 anos, em dia com a mensalidade e sem punições.

O pedido é feito baseado no suposto fato de que muitos sócios não estão conseguindo comprar ingressos diante do crescimento do programa "Nação Rubro-Negra", que passou dos 150 mil torcedores. Segundo o documento enviado ao Conselho Deliberativo, os associados do Flamengo estão se sentindo prejudicados e discriminados pela política até então adotada de ofertas e vendas de ingressos que priorizam apenas "Sócios-Torcedores".

Como o assunto não pode ser colocado em pauta, uma vez que se trata de um ato administrativo, a matéria em questão deverá ser protocolada no conselho para seguir em direção a aprovação da diretoria - através do presidente Rodolfo Landim. Para a mesma ser protocolada no Conselho Deliberativo, ela terá que ter um mínimo de assinaturas recolhidas, no entanto, esse mesmo "órgão" do clube ainda não recebeu o documento em sua secretaria.

Vale lembrar que a discussão não influencia na venda de ingressos para a semifinal da Libertadores, diante do Grêmio, onde os ingressos já estão praticamente esgotados.