Juan, de jogador a dirigente no Flamengo

Juan foi o maior zagueiro-artilheiro da história do Flamengo, ao lado de Junior Baiano, com 32 gols, onde o agora ex-jogador vestiu a camisa em 331 partidas pelo clube pelo qual foi revelado.

Por Minha Torcida
Compartilhe

Mesmo após ter se despedido dos gramados no início deste Brasileirão, o ex-zagueiro Juan – do Flamengo e muitos outros clubes tenta se reinventar dentro do futebol e no próprio Rubro-Negro.

Após ter anunciado a sua aposentaria, Juan imediatamente já deu um jeito de voltar ao futebol, agora como “estagiário”. A confirmação veio nesta última quarta-feira durante a cerimônia na qual o ex-zagueiro recebeu a medalha “Pedro Ernesto”, onde o próprio presidente do Flamengo – Rodolfo Landim confirmou que ele terá um cargo no clube, no entanto, a função que ele irá desenvolver dentro da Gávea não foi revelada, mas muito provavelmente deverá ser algo relacionado ao entendimento entre a direção e os jogadores.

Juan ao centro, do lado do presidente do Flamengo - a esquerda - Imagem: Vicente Seda.Juan ao centro, do lado do presidente do Flamengo - a esquerda - Imagem: Vicente Seda.

 O próprio Juan após a condecoração confirmou que iniciará um estágio para conhecer todas as áreas do clube até o final do ano e só então, irá definir aonde irá se adequar melhor.

“Não, a gente ainda não definiu exatamente o que irei fazer. O acordo com o Flamengo é que aproveito esse mês de férias e que estou aproveitando, para só depois disso iniciar o meu estágio dentro do clube, conhecer todas as áreas até o final do ano, aí sim decidir um cargo que eu possa ocupa. Por mais que eu já conheça o Flamengo, há muita coisa ainda para eu descobrir, até porque será uma nova função, uma coisa que não tem nada haver com jogar bola e por isso é normal eu ter que estudar, me especializar e conhecer o dia a dia do clube, para ver como funciona o Flamengo do outro lado. E é isso que irei fazer, para assim ocupar um cargo, ser um dirigente com a mesma eficácia que fui como jogador”, declarou ele.

O plano do presidente do Flamengo, é que o ex-jogador trabalhe justamente onde declaramos acima, na relação entre direção, comissão técnica e jogadores – desde a transição dos atletas da base para o profissional, como também junto ao grupo principal do clube.

Juan foi o maior zagueiro-artilheiro da história do Flamengo, ao lado de Junior Baiano, com 32 gols, onde o agora ex-jogador vestiu a camisa em 331 partidas pelo clube pelo qual foi revelado.

 

Mais sobre: juan flamengo cargo
Torcedor: compartilhe
Siga nas redes
Comentários
Carregar comentários