Minha Torcida Logo

Inter de Milão já admite emprestar Gabigol ao Flamengo

Para ceder o seu jogador por empréstimo ao clube brasileiro, a Inter exige o pagamento integral dos salários do jogador, que giram em torno de R$ 1,2 milhões por mês.

Por
Compartilhe

Mesmo longe de um acerto final, Flamengo consegue um pequeno avanço nas negociações com a Inter de Milão, na contratação do atacante Gabigol. Segundo as últimas informações sobre a negociação envolvendo o time brasileiro e o time italiano, dão conta de que a Internazionale já estaria aceitando a ideia de emprestar o atacante ao Rubro-Negro em 2019.

Para tal acordo, o clube brasileiro teria que arcar com o salário integral do atleta e ainda pagar um valor a Inter de Milão referente ao “empréstimo” – valor esse não revelado pelas partes. A informação vem de Portugal e foi repassada pelo jornal “A Bola” - um dos jornais de maior circulação do país.

Gabigol esteve emprestado ao Santos na última temporada.Gabigol esteve emprestado ao Santos na última temporada, onde terminou a mesma como artilheiro do Campeonato Brasileiro - 2018.

Gabriel Barbosa ou simplesmente “Gabigol”, que defendeu o Santos na última temporada, atualmente recebe 290 mil euros por mês no clube italiano– algo próximo a R$ 1,2 milhões, convertidos para a nossa moeda e é aí que anda pesando as negociações entre as partes.

Além do Flamengo, existem outros clubes de fora do país interessados em contar com o futebol do último artilheiro do Brasileirão-2018 – bem como o Fulham, da Inglaterra, que já declarou que aceita pagar os valores exigidos pela Internazionale. Porém, Gabigol quer vestir a camisa do “mengão” e não quer se transferir para um clube pequeno do futebol inglês.

Os outros clubes também vêm da “Premier League”, assim como o Fulham – o Crystal Palace, o Everton e o West Ham já manifestaram o desejo de contar com o jogador brasileiro e que custou 33,5 milhões de euros aos cofres da Inter de Milão, em 2016.

Torcedor: compartilhe
Siga nas redes
Comentários
Carregar comentários
Siga nossas redes sociais