Flamengo terá uma segunda-feira tensa diante da situação de Diego Avles

O arqueiro se recusou de viajar com a delegação assim que soube que seria banco na partida contra o Paraná.

Por
Compartilhe

Essa segunda-feira será tensa no “Ninho do Urubu”, onde a direção do Flamengo promete cobrar Diego Alves por sua insubordinação. O arqueiro se recusou de viajar com a delegação assim que soube que seria banco na partida contra o Paraná.

Diego Alves contesta decisão da comissão técnica.Diego Alves contesta decisão da comissão técnica.

Diante dessa atitude do atleta, a direção do Flamengo promete se reunir com o jogador hoje à tarde, mas antes disso se reunirá com o departamento jurídico para ver quais medidas legais poderá tomar. O Flamengo procura brechas legais que permitam uma punição severa e exemplar a Diego Alves. Mesmo declarando que a conversa será a portas fechadas, dando a impressão de uma conversa mais amena, a direção ficou revoltada diante da atitude de seu goleiro.

Ao mesmo tempo, a direção do Rubro-Negro tentará não tumultuar o ambiente na semana que antecede uma grande decisão para o time – visto a partida do próximo final de semana contra o líder Palmeiras que poderá ser decisiva para as pretensões da equipe nesta reta final do Brasileirão – atualmente Palmeiras e Flamengo estão distantes quatro pontos; o Palmeiras é líder com 62 pontos e o Flamengo é vice-líder com 58. Mas vale lembrar que o “Mengão” terá que secar o Internacional – terceiro colocado com 56 pontos, nesta noite diante do Santos; se o time gaúcho vencer os santistas, ele retoma a vice-liderança do campeonato nacional.

Voltando a Diego Alves, o goleiro confrontou a decisão da comissão técnica, alegando que não deixou o time por motivos técnicos e sim por uma lesão na coxa e que sua permanência no banco de reservas era uma injustiça, visto seus números até aqui – números esses que daria a ele a condição de titular.

 

Comentários