Flamengo confirma a chegada de Vitinho ao clube

Atualmente com 24 anos, Vitinho ainda é um jovem atacante, que iniciou sua carreira pelo Botafogo em 2013(aos 19 anos), onde se destacou ao conquistar a “Taça-Rio” em 2013.

Por
Compartilhe

Flamengo confirma a contratação do atacante Vitinho (ex-Botafogo, Internacional e CSKA) – se tornando o jogador mais caro da história do “Mengão”. O Rubro-Negro Carioca adquiriu 100% dos seus direitos econômicos, ao qual pagaram ao time russo 10 milhões de euros (algo em torno de R$ 44 milhões).

Vitinho realizará seu sonho de criança ao vestir a camisa do Flamengo - seu time do coração.Vitinho realizará seu sonho de criança ao vestir a camisa do Flamengo - seu time do coração.

Vitinho deve chegar ao Rio de Janeiro neste domingo, para assistir ao jogo do seu novo time diante do Sport Recife, onde antes da partida deverá ser apresentado aos torcedores flamenguistas presentes no estádio do Maracanã. Segundo informações de pessoas próximas ao jogador, o mesmo irá realizar um sonho de criança ao assinar um contrato por quatro anos com seu time do coração.

Atualmente com 24 anos, Vitinho ainda é um jovem atacante, que iniciou sua carreira pelo Botafogo em 2013(aos 19 anos), onde se destacou ao conquistar a “Taça-Rio” em 2013. Com um belo campeonato, o atacante chamou a atenção do futebol russo e acabou sendo negociado ainda no mesmo ano para o CSKA. No país não se adaptou, tendo muitas dificuldades e com isso não jogou o mesmo futebol apresentado pelo clube brasileiro, mesmo assim, conquistou o Campeonato Russo na temporada 2013/2014 e de quebra a Supercopa da Rússia em 2014.

Em 2015 acabou sendo emprestado ao Internacional – por empréstimo, onde voltou a reencontrar seu bom futebol, marcando 29 gols em 96 jogos – sendo pelo clube gaúcho bicampeão gaúcho em 2015 e 2016.

Em sua volta ao CSKA em 2016, Vitinho finalmente pode mostrar seu futebol aos russos, ao qual se tornou artilheiro do time no campeonato loca, com 10 gols em 30 partidas – conquistando ainda a Supercopa da Rússia de 2018.

Mais sobre: flamengo vitinho reforco
Comentários