Carlos Noval é apresentado no Flamengo

Como novo diretor de futebol do Flamengo, Noval disse que não tem tempo a perder e que o novo treinador do clube tem que ser definido até o final de semana.

Por
Compartilhe

Após se despedir da garotada nesta última segunda-feira, onde estava atuando dentro do Clube de Regatas Flamengo, Carlos Noval é apresentado de forma oficial em seu novo cargo no clube carioca – Noval passa a função de “diretor de futebol” do clube, que ao lado do presidente – Eduardo Bandeira de Mello e do vice de futebol – Ricardo Lomba irá comandar o futebol profissional do Flamengo.

Carlos Noval - Diretor de futebol do Flamengo.Carlos Noval - Diretor de futebol do Flamengo.

Em sua apresentação, o novo dirigente do Rubro-Negro não perdeu tempo com palavras de boas vindas e sim de compromisso e de pressa em achar um novo comandante técnico para o time.

“Não podemos ficar aqui parados, temos esse deadline, pelo menos até o fim de semana temos que ter o nome definido. Existem várias possibilidades, pode vir alguém de fora ou ser o Maurício Barbieri – atual técnico interino. Estamos estudando, nada concretizado ainda. É só tempo para nós fazermos a construção”, declarou o novo diretor de futebol do Rubro-Negro.

Para finalizar, Noval agradeceu a confiança nele prestado.

“Queria agradecer a confiança da diretoria. Estou muito honrado e preparado para desenvolver esse processo. É construtivo, estamos juntos e estou aqui para dar continuidade ao que Rodrigo Caetano implementou. Tivemos esse processo na base durante alguns anos, o que me levou realmente a aceitar o desafio e acredito que poderemos continuar nesse processo que já foi implementado a algum tempo atrás. O que temos na base, temos nos profissionais. É só dar continuidade ao processo. Me sinto totalmente confiante para gerir esse novo desafio”, finalizou ele.

Noval chegou ao clube me 2010, através da presidente Patrícia Amorim, tendo ele como destaque as conquistas do tricampeonato da Copinha e a revelação de alguns jovens atletas, como Vinicius Junior e Lucas Paquetá.

Comentários