Os bastidores do Flamengo são uma verdadeira mina de ouro para os amantes de polêmicas. Possíveis saídas e chegadas de jogadores são ventiladas e especuladas diariamente, e o mais novo nome colocado em evidência é o do meia uruguaio Arrascaeta. Isso porque, o jogador estaria deixando o Flamengo, conforme noticiado pelo portal ESPN.

De acordo com o canal, Arrascaeta estaria insatisfeito com a diretoria do Flamengo, e estaria deixando o clube. O jogador não se apresentou nesta segunda-feira (15) com o restante do time rubro-negro, graças a alguns imbróglios com a direção do clube. Ainda de acordo com o canal, a insatisfação por se sentir "desvalorizado" seria o principal ponto da polêmica.

Espera de valorização e possível ida ao Egito na pauta de Arrascaeta

Com isso, o staff do jogador entende que o Flamengo deva premiar a boa temporada de 2020 feita pelo camisa 14 com alguma valorização. Vale lembrar que Arrascaeta foi o único dos grandes nomes do Flamengo que não recebeu nenhum reajuste salarial. Outros destaques do clube, como Gabriel, Bruno Henrique e Éverton Ribeiro, por exemplo, acertaram novos vínculos, e com modificação nos vencimentos.

Por isso, uma saída estaria sendo analisada pelos representantes do jogador. Conversas com um clube do Egito, ainda em fase inicial, estariam acontecendo, segundo a ESPN, e entraria na pauta sobre o futuro de Arrascaeta.

Existe outra indefinição sobre o atual contrato do jogador, firmado quando o meia foi negociado ao rubro-negro junto ao Cruzeiro. Nesta cláusula, caso Arrascaeta atuasse por 4 mil minutos entre os anos de 2019 e 2020, o Flamengo teria de comprar mais 25% dos direitos econômicos do meia.

O jogador chegou perto da marca, mas não o suficiente para ativação da cláusula. Este seria um fator que também teria deixado Arrascaeta irritado.

Contrato longo e multa rescisória protegem Flamengo no caso

Entretanto, para acertar alguma possível saída do Flamengo, Arrascaeta terá de encontrar interessados com muito dinheiro nos cofres. Com multa rescisória fixada em 60 milhões de euros (cerca de R$399,6 milhões na cotação atual), e com contrato vigente até dezembro de 2023, a tendência é de que a diretoria do Flamengo faça jogo duro para se desfazer de um dos destaques do time.

Atualmente, Arrascaeta aparece como um dos maiores salários do futebol brasileiro. Segundo o jornalista Jorge Nicola, os vencimentos do jogador, firmados em CLT, giram em torno de R$900 mil mensais. Entrtanto, internamente, o salário do uruguaio não aparece no topo da lista.

Histórico de conflito alimenta polêmica

Vale lembrar que esta não é a primeira vez que Arrascaeta e seu staff entram em rota de colisão com dirigentes. Pouco antes de acertar sua ida ao Flamengo, no ano de 2019, o jogador optou por não se apresentar na Toca da Raposa, CT do Cruzeiro.

Após vários dias de tratativas para tentar a permanência do uruguaio, o jogador não foi mais ao CT celeste. Tal atitude foi o estopim para a saída do jogador ao Flamengo. Pelo clube, Arrascaeta tem, em duas temporadas pelo clube, uma Copa Libertadores da América, uma Recopa Sul-Americana, duas edições do Campeonato Brasileiro, uma Supercopa do Brasil, além de duas edições do Campeonato Carioca.