Em uma das raras oportunidades desde que o sistema de pontos corridos foi implementado no Campeonato Brasileiro, a edição de 2020 terá uma verdadeira "decisão". O embate entre Flamengo e Internacional, que acontece neste domingo (21), pode definir de vez o título da competição, ou pelo menos, adiar a decisão para a última rodada.

E, além do fator de decisão da partida, ambos os clubes precisam lidar com a maratona de jogos e os desfalques. E, no Flamengo, o duelo com o Corinthians na última rodada gerou muita apreensão por parte da torcida, por conta da possível lesão de Gabriel, que sofreu uma torção no joelho esquerdo e teve de ser substituído.

Logo depois do fim do jogo, Gabriel foi avaliado pelo Departamento Médico, que optou por esperar algumas horas, e na segunda-feira (15), entender a real gravidade da situação, e realizar os tratamentos necessários. Entretanto, a situação é bem menos preocupante do que parece.

Durante a reapresentação do elenco rubro-negro, a situação de Gabriel foi avaliada como estável. Sem inchaço o atacante realizou trabalhos leves no campo, que confirmaram a ausência de mais dores no local. Gabriel deve ter tratamento individual até o dia do jogo com o Internacional.

Flamengo deve contar com Gabriel e Arrascaeta

Mesmo que ainda adote certa dose de mistério, o Flamengo tem a presença de Gabriel como praticamente certa. Assim como Arrascaeta, que reclamava de dores no tornozelo desde o fim da última semana, e será avaliado diariamente. A grande tendência é de que o uruguaio também esteja escalado, mas só deve trabalhar de forma integral na próxima sexta-feira (19).

Com isso, os únicos desfalques seguem sendo o meia Thiago Maia, que náo joga mais na temporada, e Diego Alves, que tem lesão na coxa. A provável escalação do Flamengo tem: Hugo Souza; Isla, Rodrigo Caio, Willian Arão e Filípe Luis; Diego, Gerson, Éverton Ribeiro e Arrascaeta; Bruno Henrique e Gabriel.