Surpreendendo a muitos que não o aguardavam para esse início de semana no Brasil, o lateral-direito Rafinha desembarcou no Rio de Janeiro nesta manhã de segunda-feira, onde nos próximos dias deverá definir seu futuro na temporada 2021.

O ex-lateral do Flamengo desembarcou no Aeroporto Internacional Tom Jobim falando não ter pressa para definir sua vida e que espera ter um "final feliz", no entanto, esse não falou por qual clube, mas disse que irá conversar com a direção do Rubro-Negro.

"Todos sabem o carinho enorme que tenho pelo Flamengo, mas não vou me precipitar. Cheguei agora, vou sentar com eles essa semana, matar a saudade da minha família e com calma, vamos sentar e conversar. A saudade é muito grande. Tomara que isso acabe logo", declarou.

Reuniões ao longo da semana

Além do Flamengo, já contamos aqui mesmo que o lateral tem sondagens de outros clubes brasileiros e que esse irá ouvir suas propostas, como, por exemplo, com o Atlético-MG e com o Palmeiras. Porém, o Flamengo é o franco favorito a levá-lo e segundo o próprio jogador, que diz estar com saudades de atuar no Maracanã.

"Quem não tem saudades? Saudade muito grande, tomara que isso acabe logo e a torcida do Flamengo possa voltar logo ao Maracanã. Mas é cedo ainda, não quero me precipitar, falar nada, não. Porque tem tempo ainda. Vamos conversar, mas nada decidido ainda. Todos sabem do carinho que tenho pelo Flamengo e espero que tenhamos um final feliz", declarou ele antes de deixar o saguão do aeroporto já aqui citado.

Rafinha no Flamengo

Para volta a vestir a camisa do "Mengão", Rafinha terá que aceitar um contrato com salário menor do que recebia quando trocou o clube brasileiro pelo grego; esse deve ser nos mesmos moldes do apresentado a Diego Alves: valores mais baixos e tempo de contrato menor.